usuários online
 
 
 
Fashion Import
 
http://trendytwins.com.br/img/imagens/tit_girls.jpg
Faça parte desse grupo

Twin da Bula: Adoçantes  

Categoria(s) ,

por Vivi




Antes de começar a falar sobre adoçantes, vamos deixar claro que tudo leva a palavra 'artificial' não é natural do organismo.



Se você não for diabética ou tiver tendência à hiperglicemia (glicose alta), tente sentir o sabor dos alimentos sem açúcar. Eu, por exemplo, só não dispenso o açúcar para adoçar café e mesmo assim uso o mascavo, que não é industrializado, é natural. Sucos e saladas de frutas podem (e devem!) ser ingeridos puros, sem adoçante, sem açúcar. Experimente! No início é estranho, mas depois aprendemos a sentir os sabores.

Os adoçantes (ou edulcorantes) podem ser naturais ou sintéticos, calóricos e não-calóricos. São opções ao açúcar (sacarose) para portadores de diabetes, com tendência à hiperglicemia ou para aqueles que querem diminuir algumas calorias na alimentação. As quantidades máximas seguras permitidas de cada edulcorante em alimentos e bebidas são determinadas pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária).


Adoçantes sintéticos

- Aspartame: é a combinação química de dois aminoácidos: o ácido aspártico e a fenilalanina. Seu uso é contra-indicado por gestantes, por causa da fenilalanina, que pode trazer riscos para o feto e proibido por portadores de fenilcetonúria. É o adoçante mais utilizado em bebidas diet, junto com o ciclamato.

Há uma polêmica em torno do uso do aspartame que indica que o adoçante tem potencial cancerígeno, entre outros. O que diz o site da Anvisa: “Ao final das discussões junto à CTA e à luz do conhecimento atual não existem razões de saúde pública, com base científica, para a adoção de uma medida sanitária relativa à proibição de aspartame em alimentos ou recomendação de mudança na dieta da população pela Anvisa.”

- Acessulfame-K: produzido a partir de um ácido da família do ácido acético.

- Ciclamato sódico: composto à base de um derivado do petróleo (meda!!!).

- Sacarina sódica: também extraída de um derivado do petróleo.

- Sucralose: molécula modificada da sacarose (o açúcar de todos os dias).


Adoçantes naturais

- Estévia: a estévia é uma plantinha conhecida como “honey plant”, devido à doçura das suas folhas. O adoçante é produzido a partir daí.

- Frutose: extraída de frutas ou do mel, é o mais doce dos edulcorantes naturais. Deve ser consumido por diabéticos somente sob supervisão médica.

- Manitol: extraído de frutas, pode ser usado na fabricação de edulcorantes, na fabricação de resinas e plásticos e como fármaco em várias doenças.

- Sorbitol: Tem as mesmas vantagens e inconveniências da frutose, podendo causar diarréia se consumido em excesso. É geralmente usado na fabricação de gomas de mascar “sem açúcar”.

- Sacarose: Não recomendada para diabéticos, é extraída da cana-de-açúcar ou da beterraba branca.

Atenção: nem todos adoçantes são indicados para diabéticos, porque alguns contêm carboidratos (frutose, sacarose e glicose) em sua composição, contra-indicados para os portadores da doença.

A Anvisa reduziu as quantidades máximas permitidas de sacarina e ciclamato em alimentos e bebidas, devido à presença de sódio nessas substâncias, o que pode aumentar a pressão arterial.

Esse é um assunto muito complexo e “muito químico”, tentei deixar o post o mais inteligível possível, qualquer dúvida mandem emails ou deixem nos comentários.

Essa semana eu ia falar sobre removedores de esmaltes, acetonas e etc., mas surgiu a dúvida sobre os adoçantes e aí está!

Beijos e até a próxima!

Priscilla

Correspondente (Gêmea) Especial da Bula
pri.rezende@trendytwins.com.br

12 comentários

Minha nutri mandou parar com o aspartame, porque além de tudo está sendo apontada possibilidade, em estudos, de ter a ver com o aumento do Alzheimer; ela também relacionou o uso com a compulsão e chegou a me recomendar que beba um copo de coca-cola normal em vez de coca zero ou light. E recomendou stévia. Eu me adaptei.

Eu detesto adoçantes, todos, tomo tudo sem açucar, até suco de maracujá, a unica exceção é para o suco de limão, porque não sou masoquista rsss, mas café para mim, só vale purinho da silva!! rsss, beijos

Pri (dá uma olhada na intimidade da folgada, haha),
to parando de ingerir açúcar (há + ou - um mês) e perdi 2k!!! to megaaaa feliz com isso... os sucos de fruta tomo natural e o cafesinho, mate gelado, chá... eu uso o estévia.
não to sentindo nem um pouquinho de saudade do açúcar!!!
bjoo

Olá

Sou nutri, e achei bem bacana o post, mas vc esqueceu de mencionar a Sucralose, q é um adoçante natural, extraído da cana de açúcar. Eu particularmente só consumo este e acho o melhor de todos, não tem gosto residual (aquela boca amarrada), e é digerido pelo organismo, ao contrário dos artificiais (aspartame, ciclamato, etc).Mas fica aqui uma dica: os adoçantes em sachês, ou em pó são melhor tolerados e a sucralose se assemelha ao açúcar.
Abçs Cris

Anônima, citei a sucralose sim, só que os nomes sacarose/sucralose ficaram trocados (meninas, por favor corrijam!!!) onde está escrito sacarose lê-se sucralose e vice-versa.

Também prefiro as coisas sem açucar ou sem sal. Tento educar meu organismo para isto. Porém, quando vou de refrigerantes, acabo escolhendo o diet!

Não sabia do aspartame (presente neles) contra indicados para grávidas. Não é meu caso, ainda, mas prestarei atenção quando for...

E o boato de que aspartame a longo prazo destrói neurônios? Me intriga ainda...

Beijos!

Carlinha, o caso do aspartame ainda é controverso. Não se chegou a um consenso de que ele é tóxico, tanto que seu uso é permitido, embora em dosagens pré-estabelecidas. Eu tomo refri só diet, já acostumei! E sal também só uso o mínimo posível. Sabia que existe sal light, com 50% menos sódio que o normal?
Beijo!

O Ciclamato de sódio, realmente eleva a pressão arterial. Lembro que em casa, toda vez que a minha mãe usava, como ela tem pressão alta, ela tinha crises. E sempre tem o de stévia aqui, que é extraído da plantinha. E o Refri foi proibido por aqui também, pelo adoçante que faz mal e por outras toxinas. Li em uma revista, que tem pessoas que estão ficando compulsivas em se alimentar bem....rs
acho que sou eu! rsrsrsrsr isso é ruim? ou é só estratégia de marketing das empresas que estão perdendo os clientes para as marcas mais naturebas? =P
bjssss

Acho que o mais importante em relação ao aspartame é que o uso dele a longo prazo já está sendo relacionado à doença de alzheimer. Descobri isso um dia conversando com a médica da minha avó - que era diabética e por isso, usava adoçante. Na hora que ela soube que minha avó tomava aspartame mandou suspender e trocar por sucralose. Ela me explicou que o aspartame está super relacionado ao alzheimer. Como existem outras opções - como a própria sucralose - não sei porque as pessoas insistem no aspartame.

Que post super útil!!!! Vou ter q ler por inteiro, só passei o olho já q não uso nem açúcar nem adoçante. Faço como vc e coloco um pouco de mascavo no café, só! Tomo suco puro desde criança, qd um médico disse q eu estava acima do peso. Hoje em dia caso eu beba algo adoçado parece q estou bebendo bala, acho horrível!!!
Mas ainda adoro um doce: tortas, bolos...

Legal o post!
Na minha casa tenho açúcar mascavo, açucar demerara, que é aquele cristal que parece sujinho, porque não passa pelos processo químicos de branqueamento e tem o gosto bem semelhante ao refinado e adoçante stévia, que acho o gosto médio. Mas não sou radical, quando saio acabo consumindo outras substâncias adoçantes, refri ligth...

Meu Deus,foi aqui nest post que descobri que o adoçante que uso ha anos vem deste derivado do petróleo!!! Vou mudar já!
Bjs.

Postar um comentário

2010 Trendy Twins - todos os direitos reservados Desenvolvido por Projecto Comunicação