usuários online
 
 
 
Fashion Import
 
http://trendytwins.com.br/img/imagens/tit_girls.jpg
Faça parte desse grupo

Twin do Cabelo: Os Secadores e suas Tecnologias  

Categoria(s) ,

por Ana Farias




Costumo dizer que o secador de cabelos é a extensão da minha mão. Não vivo sem, não sei o que seria da minha vida, e de minhas melenas, sem eles. Totalmente viciada e dependente.

É um ítem indispensável na lista de produtos “não-vivo-sem” de qualquer mulher elegante, já que não é nada bacana sair de casa de cabelo molhado (na minha humilde opinião).



Hoje existem secadores com tecnologias diversas:

Íons negativos: eles fecham as cutículas capilares, pois neutralizam a eletricidade estática dos cabelos. Indicado para escovas finalizadoras, uma vez que quanto mais fechada a cutícula capilar, mais luz os cabelos refletem. Cabelo selado é sinônimo de cabelo MUITO brilhoso!

Íons positivos: ao contrário do negativo, ele abre as cutículas dos cabelos, de forma natural, sem necessidade de química. Indicado para uso em conjunto com tratamentos em que a química precisa penetrar no fio.

Antibactericida: elimina as bactérias e fungos que possivelmente estejam nos fios e no ar. Essa ação é obtida através da nanotecnologia, que é o desenvolvimento de estruturas de novos materiais a partir dos átomos e moléculas. Essa tecnologia proporciona um jato de ar mais puro, secando com mais higiene e deixando os cabelos mais saudáveis.

Turmalina: a turmalina é um mineral que quando aquecido emite íons negativos. Assim, tem o mesmo efeito de um secador com íons negativos.

Beijos procês!

Correspondente (Gêmea) Especial Milena

Dúvidas e/ou sugestões para: milena@salaovalentina.com.br

8 comentários

também não vivo sem secador.
aliás, em uma mão o secador e na outra a chapinha. não dispenso! hehehe

Bem legal saber sobre isso... Eu acho que além disso, devemos usar um bom protetor térmico pra proteger nossos fios, não é mesmo??

Eu sou mais adepta da chapinha por conta dos meus cabelos serem muito finos e lisos, eles não pegam uma forma legal, ficam virando pra fora...

Hummm, bom saber desses detalhes!! Adorei!! Já to querendo aposentar o velhote e adquirir um novinho, mais potente!! beijos

Ai Vivi, amey a sua confirmação!!!!
Tava lá vendo o catálogo e tem cada coisa, né?Pena que aqui não chegou....só sei de mais uma que vc deve saber tbm: Jilian Dempsey tá preparando uma linha de make especialmente para o Brasil...confere?????
Bjussssssss

Só um comentariozinho besta: "antibactericida" está errado; se algo elimina bactéricas, ele é "bactericida". Se fosse antibactericida, ele eliminaria o eliminador de bactérias.
Por isso o correto é falar "bactericida" ou "antibactérias", mas não "antibactericida".

Isabelle Arthaud   says 8 de dezembro de 2009 19:04

Eu tambem adoro secador, nao curto muito o efeito da chapinha (de imediato, no dia seguinte fica bem melhor, assim menos "chapado" hihihi). Meu cabelo é bem fininho, então uma simples secada, menos sem fazer escova ele fica lisinho e com volume (o que a chapinha elimina, no meu, pelo menos).
Agora, so uma diquinha: não é antibactericida. Ou é antibacteriano ou bactericida. Antibactericida é uma contradição!!!

Gente, mais uma vez, sendo chata messssmo, pq acho que não adianta nada sair toda linda por aí mas falando errado!!!

ANTIBACTERICIDA NÃO!!!

O sufixo "cida" significa ação que provoca a morte ou extermínio, vide os exemplos "homicida", "suicida". Se vc coloca o anti na frente, que por sua vez significa "contra", eu entendo que o produto é contra o extermínio de bactérias!!!!!

O correto é BACTERICIDA ou ANTIBACTERIANO. E não venham me dizer que as empresas escrevem errado pq eu nunca vi "antibactericida" em embalagem nenhuma...

Meninas:
Obrigada pelo aviso no português!
O erro foi meu, me perdoem, e não costumo jogar minha culpa em ninguém.
Não adianta mesmo sair por aí toda linda falando errado, mas desconheço alguém não cometa erros, não é?
E Li, também não adianta nada saber tudo de português e não ter educação na hora de escrever...
Beijos,
Mi

Postar um comentário

2010 Trendy Twins - todos os direitos reservados Desenvolvido por Projecto Comunicação