usuários online
 
 
 
Fashion Import
 
http://trendytwins.com.br/img/imagens/tit_girls.jpg
Faça parte desse grupo

Pestanas Sem Limites  

Categoria(s) , ,

por Vivi




Fala sério, gente. Há limites para as máscaras para cílios? São tantos lançamentos que não dá tempo de secar um tubo para comprar outro, literalmente.




Já se encontra em pré-venda nos States a nova máscara da Cover Girl, LashBlast Lengh. O que ela promete? Alongar os cílios até o infinito, claro, porque com a variedade disponível nas prateleiras hoje, não aceitamos nada menos do que isso. Mas é só olhar e ambicionar, porque Cover Girl no Brasil, neca. Não tem. Mas esse aplicador nos é bem familiar, né? Algo que lembra Supershock e Define-A-Lash, entre outras...

E o que vocês me dizem do novo item da já it-mascara da Lancôme, Hypnose DRAMA:



Ui! Quero muito acreditar nesse resultado, heim! A nova formulação carrega nas ceras e alta pigmentação para assegurar o efeito cílios postiços. E o aplicador em S foi planejado para alcalçar até os cílios mais curtos e finos. Essa tem lançamento simultâneo no Brasil, mas pelo menos no site nacional da marca, nenhuma notícia até agora...

A High Impact sempre esteve em todas as listas de favoritas minhas e da Má. E agora, o que fazer até poder testar o lançamento da Clinique, High Impact Curling Mascara?


Se a High Impact normal já era um espetáculo de rímel(a gente adora "rímel"), imaginem essa, com aplicador que ajuda a curvar os fios?Esperaremos e vereremos.

Se a ANVISA deixar, claro. Vocês sabiam que grande parte dos produtos que existem no exterior não podem ser lançados no Brasil por conta da nossa gloriosa ANVISA? Sim, nosso orgão governamental se mostra mais exigente do que o extremamente exigente FDA americano e sem quê nem porquê barra a entrada de centenas de ativos no país. Pior, barra e concede. Depois barra de novo. Depois concede. Essa é a resposta para o desaparecimento repentino de vários produtos, inclusive nacionais.

Longe de mim querer que a fiscalização e licenciamento de produtos seja frouxa. O que me indigna é o fato de barrarem produtos com anos de pesquisas validadas e concederem licença para produtos feitos no fundo de quintal, que depois se mostram verdadeiros venenos. Isso sem falar nos remédios que são retirados do mercado por causar mais malefícios do que benefícios, néam. Bom, deixa pra lá. Não sou eu quem vai mudar o statement.

E acabei me perdendo do assunto, né?
Mas é basicamente isso, mil novidades em matéria de máscaras para cílios lá fora que podem ou não chegar ao Brasil!

E as nacionais? Bem, essa resposta só sai na semana que vem, depois da Beauty Fair. Contaremos tu-do.

Boa

16 comentários

Eu quero o covergirl que é barato e bão, ai ai...

Falando em importados, nada a ver com rímel, on tem fui numa perfumaria aqui da cidade e encontrei um leave in da OX que nunca vi na vida super barato, cheguei perto e vi que era importação da Arabia Saudita. Por 2,99 comprei né, mas a validade é curta Dezembro de 2009.

Acabei ligando na OX pra saber pq tão barato, pq da Arabia pq validade tão curta; a mocinha não tinha resposta mas em 2 mimutos me ligou respondendo e disse que realmente vendeu essa remessa pra perfumaria mas que nunca mais voltarão ao Brasil.

Aí eu me pergunto... Um produto que tem cara boa, feito com ingrediente brasileiros e não é vendido aqui? Ah meu!!!!!!

To torcendo pra não gostar do bicho, porque nem vou poder fazer estoque só 3 meses de validade :(

Nossa, Ju, tem uma lista imensa de coisas ótimas feitas com materia prima brasileira que nunca chega às nossas casas, que vc nem imagina. Isso acontece até com frutas, pra você ter uma idéia. sabe o famoso termo "tipo exportação"? É isso. O melhor é exportado.

Quem sabe um dia, né?

Danizoca

Meooooo Deusss! Eu A.D.O.R.O rímel, com todas as minhas forças!!! E quero esse aí tb, mesmo com essa minha vida de pobreza, ser estagiária, ai ai ai, dói!!

Eu AMO máscaras! Acabei de escrever sobre as minhas, foi legal vir aqui e encontrar o mesmo assunto!

Gostei dessa da Lâncome, pela promessa de alta pigmentação! Aaaah! Eu quero!!!

Beijos! ^^

eu tenho uma coisa pra dizer: CÍLIOS POSTIÇOS!!
#prontofalei

Vivi é bem por aí mesmo, uma pena, choro sangue.

Trabalhei em industria de auto-peças, as melhores eram pra exportação, o refugo ficava no mercado brasileiro onde o consumidor pagava N vezes mais caro.

Sinceramente falando acho um descaso.

Todas essas máscaras são uma tentação.
bjos
Maria Pia

Sou loucaaaa por máscaras, mas nunca consigo encontrar um realmente ma-ra-vi-lho-sa da qual não consigo viver sem. Sempre fico pulando de uma pra outra.. Ainda mais porque cada uma fica um pouquinho diferente! Mas amei essa aí.. E por falar em Define-A-Lash, estou louca querendo provar e até hoje não encontrei =(

esse negocio de anvisa é tão complexo.. tem ativos q sao liberados aqui e proibidos la fora.. ate medicamentos, tipo dipirona (novalgina) que é proibida nos eua.. é tudo tao complexo q cansa ate escerever.. rs

Vivian

só sei que a embalagem dessa máscara da Cover Girl está chamando meu nome ahah linda!

Du-vi-do que barrem a entrada de tantos produtos no Brasil por causa de ativos. Isso é proteção de mercado. É só ver o absurdo que é o imposto que incide sobre cosméticos. pffff

Já estava na hora de parar com esses mimos com a indústria cosmética brasileira. Já deu! (é, eu fico brava com isso...)

Vivi,
Tô com saudades de vcs, não vi mais vcs lá no Garotas Modernas...:(
Amei este post, pois sou a louca do rímelllllll!
beijos,

Ow, Shirley! Nos últimos dias não "estou dona de mim"!!! Mas vou lá na casinha nova, sim :)

Rê, eles pode ser até por protecionismo, sim. Mas que eles barram os ativos eles barram.Está tudo registrado no Diário Oficial, gatham. Eu concordo plenamente com você. A livre concorrência é saudável pra todo mundo.

beijus meninas lindas todas!

Gosto muito dos produtinhos da CLINIQUE, até porque tenho olhos super sensíveis e as máscaras da marca não irritam! Tudo de bom... bjks

Carol de Assis   says 28 de agosto de 2009 17:30

Sem querer ser chata mas já sendo [e lembrando que eu amo o blog!] acho que você quis dizer 'establishment' no lugar de 'statement', não? :P

Uai, Carol, sou ex-funcionária pública (advinha? Agente de Saneamento)e statement é homologado, literalmente. Diário Oficial. O establishment é para os rebeldes, eu sou só uma burocrata rsrsrs bjim.

Postar um comentário

2010 Trendy Twins - todos os direitos reservados Desenvolvido por Projecto Comunicação