usuários online
 
 
 
Fashion Import
 
http://trendytwins.com.br/img/imagens/tit_girls.jpg
Faça parte desse grupo

Made In China  

Categoria(s)

por Vivi




E o mundo globalizado(( TRECHO EDITADO )) fica cada fez mais complicado de entender.
Fato: hoje podemos afirmar sem medo que pouquíssimos itens são fabricados 100% em um só lugar. Pode ser um componente, a montagem ou o acabamento. Por razões economicamnete óbvias, os produtos têm sua produção espalhada mundo à fora.

E esse "mundo à fora" ficou muito maior, já que até uns - vamos chutar bonito agora - 20 anos atrás, quando falávamos "mundo" nos referindo à produção de qualquer produto, estávamos pensando nos EUA, no Japão ou em um ou dois países europeus. Hoje, Alices, o País das Maravilhas expandiu.

Lá atrás, quando o "mundo produtivo" ainda era restrito, pequenininho, o carimbo MADE IN CHINA era sinônimo de cópia, pirata e mal feita. Hoje, feliz e infelizmente não é mais assim.

Infelizmente porque a China se transformou em uma potência avassaladora, um país que soube transformar seus números de forma surpreendente, ((trecho editado)) começando a sair amassada e suja de sangue (eu não acho o regime chinês bonzinho) de sua Era Comunista, para agora se transformar em modelo produtivo. Crianças abandonadas, escravas sexuais, trabalho escravo? Tudo isso fica cada vez mais no passado (não tão remoto) e ainda não foi extinto completamente, mas hoje os chineses já podem sentir na pele os efeitos do bom, velho e competitivo Capitalismo. E competitividade vem junto com a palavra concorrência, o que significa que os produtos produzidos no Brasil precisam brigar nas prateleiras com produtos semelhantes, mas com valor de venda inferior, apesar de serem importados.

E felizmente porque essas mudanças todas atingiram um fator muito importante para todos: a qualidade. A China aprendeu que um país não se torna uma potência mundial produzindo réplicas mal feitas. AQUI CABE UM ESCLARECIMENTO: eu disse QUALIDADE, no sentido de que, se os produtos chineses aumentaram sua qualidade tornando-se mais competitivos, os produtos produzidos nos demais países precisam ter QUALIDADE SUPERIOR, para manter seu espaço no mercado. E esse tipo de padrão competitivo, POR QUALIDADE E PREÇO é benéfico a todos. Ou não? Passamos a gostar de produtos de segunda e eu estou por fora?

Hoje diversas marcas (americanas, européias, brasileiras) mantém fábricas na China.

Mão de obra mais barata? Certamente.
Trabalho sub-remunerado? Provavelmente.
Trabalho escravo? Hum, possivelmente, não mais.

Para fornecer serviços para grandes marcas (incluam aí montadoras de automóveis e gigantes do ramo esportivo) é necessário passar por tantas certificações de entidades oficiais internacionais que daria até sono citar aqui. Normas de qualidade, auditorias intermináveis, certificados até para os baldinhos de lixo.

Onde eu quero chegar com esse assunto? Simples: não dá mais para torcer o nariz para um produto só porque ele foi feito na China. Até mesmo porque, muitos outros produtos que consumimos também foram feitos lá e voltaram para o país de origem da marca apenas para receber a "finalização", ou seja, uma embalagem bonita e um carimbo de Made In Outro Lugar Qualquer.

Não estou dizendo aqui: okay, liberou geral, podem comprar qualquer tranqueira da loja de $1,99, é tudo bacana e de qualidade. Longe de mim! Outros países já estão produzindo as coisas de péssima qualidade que já foram exclusivas da indústria chinesa rs.

Só queria chamar atenção para esse detalhe. Não se apeguem ao Made In. A questão atual não é essa, mas a qualidade em si. O material, a funcionalidade, o resultado do produto.

O mundo mudou, o consumidor precisa mudar também. E isso significa que precisamos ficar mais espertas, atentas. Independente do carimbo.

Boa

E em meus sonhos, no Meu Mundo Perfeito, o Brasil um dia será um país que conseguirá acertar seus tributos malucos e demais problemas políticos/morais. E então sua indústria será capaz de competir sem medo, com qualidade e bom preço, conseguidos honestamente.

50 comentários

eeeeeeh... que bom que alguém esclareceu..tem muita gente que ainda não se tocou que made in china não quer mais necessariamente dizer cópia mal feita.
bjim!

O mundo é um globo, mas as pessoas que vivem nele não estabeleciam conexão direta economicamente, por exemplo. Pra te ajudar a entender o que é o globo que se vive e o que seria mundo globalizado, vamos sair um pouco do mundo profundo e intelectual dos cremes, cosméticos e aparências para fazer outras reflexões:
"As transações financeiras no mundo são hoje praticdamente instantâneas. Ocorrem através de bits de computador, situação que preocupa terrivelmente os governos, já que todos os aplicadores estão interligados. Trilhões de dólares passeiam assim pelo mundo a cada dia, mudando continuamente de endereço. Acredita-se que bastaria um de cada quaatro dos donos desse capital decidir trocar seus dólares por alguma outra moeda, para que a economia mundial entrasse em colapso". (site Eventos Econômicos Gerais, 2005)
Existe uma grande diferença no globo = forma circular e um mundo globalizado, onde uma ação em um canto do mundo reflete do outro lado do planeta.
O "bom" e velho capitalismo não consegue ganhar da China comunista em força, potência e crescimento. Não concordo de forma alguma com a sua visão sobre a China, embora não tenha afinidades com o comunismo. Parece que eles se renderam à forma ocidente de visão. Como se a forma ocidental não fosse exemplo de desigualdade, consumismo desenfreado e sem propósito e uma fragilidade que joga na lama os mais necessitados com uma simples queda na bolsa de valores.
Dar sua opinião sobre qualidade de cosméticos é uma coisa, analisar economia e sociedade é outra completamente diferente e precisa ser muito mais bem embasada do que analisar cores de sombra e batom.
Gosto muito desse blog. Já fiz alguns comentários aqui. Mas, como falei na última vez, vcs atingem um grande público e muitos jovens. Vcs são praticamente formadoras de opinião. Melhor se ater ao que vcs são boas e evitar erros crassos em áreas que vcs não têm fundamento para analisar.

Pois é.

Obrigada China por roubar meu emprego :\

Masfalando em beleza, sabe o que é mais foda. Por exemplo as paletas da Costal, viraram febre, logo que descobriram outras iguais, mas mais baratas e perceberam que estavam na China super torceram o nariz. Teve até um inicio de pânico em saber que a Costal vendia coisas Ching Ling. Mas é assim mesmo, boa parte das nossas coisas vem dessas bandas, aí vão e colocam sua logomarca em cima do Made in China, ou pedem pra não gravar. Simples.

Ana Cristina, desculpe mas não há maneira polida de responder ao que você acabou de dizer, sem mostrar a minha indignação!

Não sou esteticista, cosmetóloga, nem mesmo da área médica. Sou formada em Administração e também em Publicidade. Fascinada por Economia. Minha biblioteca não se incomoda em ter seu espaço preenchido por Smith, Weber, Marx, DurKheim e as revistas Vogue. Além da Capricho, claro. Porque eu sou flexível, sabe. Meu leque de interesses é amplo.

Você realmente acha que um blog se preencheria apenas de opiniões rasas e voláteis sobre os lançamentos da estação?

O Trendy Twins tem um subtítulo e nele você deveria concentrar sua atenção, no lugar de ficar procurando brechas para impor a SUA opinião. Que é só isso, nem mais nem menos do que esse post, que tem a MINHA opinião a respeito do assunto. Essa é a MINHA OPINIÃO e esse blog também é editado por mim, portanto, a minha opinião é publicada, sim. Os leitores podem concordar, não concordar. Podem até não ter o menor interesse nesse aspecto do assunto, porque CADA UM PODE E DEVE EXPRESSAR A SUA OPINIÃO EM SEU LOCAL DE DIREITO. Mas não venha me apontar o dedo e dizer que estou errada, afinal, quem a elegeu para definir o que é certo? Eu não sou dona da verdade, mas você também não é.

Posturas políticas e econômicas são pessoais e embasadas nos mais variados motivos. Tenho plena confiança no meu conhecimento para formar um ponto de vista e sustenta-lo.

Não vou ficar cheia de dedos no meu próprio blog para falar de assuntos que tenham conexão explícita com minhas leitoras, que são, à despeito do subtítulo do blog, CONSUMIDORAS de vários, muitos produtos. Produtos esses que, invarialvelmente, saem da China e são distribuidos para receber as tags de diversas origens.

Se você se sente incomodada com o fato de alguns dos meus posts irem um passinho além de cores e nuances, sinto muito. Eu não vou parar de escreve-los.

Embasada no fato de que tenho um cérebro com dois hemisférios e que até o presente momento tem se mostrado em pleno funcionamento, me concedo o direito de falar sobre Economia ou Globalização quando for pertinente, com humor e leveza, considerando que a assinatura no final do texto é minha.

E aqui, em um blog dedicado ao Consumo, peço perdão mais uma vez. Mas o Capitalismo é "bom" sim. Gostem ou não, você e Fidel.

E mais: perdeu o direito de réplica quando desceu do salto e me chamou de desqualificada. Não deveria me julgar, já que não me conhece, nem tampouco conhece meu histórico acadêmico. Agora, fútil, superficial e alienada que sou, magoei.

Mandou bem,Vivi...é isso aí! Deixa ela e Fidel pra lá,rs...
Esta é umas das muitas razões que fazem deste blog um sucesso: Competência!!!
Bjs,e continuem assim,nos presenteando diariamente com boas idéias,opiniões inteligentes,dicas interessantes e muito bom humor!!!

Vivi não ligue para este post dessa menina, eu acho que ela quis aparecer. Se ela acha o mundo da moda futil o que faz aqui.

Enfim, vim aqui para te contar uma coisa. De vez em quando vc fala aqui de promoções, hoje estive na Renner e comprei um kit da Lancome que vinha máscara (podia ser virtuose, hipnose ou l'extreme) mini lápis preto e um bifacil pequeno. Custou R$ 135. Achei interessante visto quanto custa uma mascara sozinha.
Não sei se descobri a polvora maaass fica a dica!

Reli o que escrevi e não encontrei o desqualificada a que vc se refere.
Mas não imaginei que reagiria diferente.
Só tive espaço aqui enquanto papariquei, elogiei e concordei com o que é escrito.
Os blogs querem espaço e reconhecimento, mas não têm a coragem e dignidade de permitirem debates ou confrontos.
rs Fidel? Nem gosto do comunismo. Só sei reconhecer os males que o capitalismo provoca na humanidade e como o consumismo desenfreado afeta os valores do indivíduo.
Realmente não esperava na diferente vindo de vc. Vc defende o capitalismo, mas afronta a democracia. Aqui só fala quem se manifestar sobre o que vc ache que deva ser falado.
Não fui ofensiva em momento algum. Expressei minha opinião. Mas o seu espaço ditatorial só permite "babações de ovo" e um bando de cachorrinhos abanando o rabo para o que vc escreve.
Triste. Lamentável. Uma vergonha para a liberdade de expressão.

Okay, Ana Cristina, já percebemos que você existe.

Passar bem.

Concordo com vc! Aqui no Japão nas melhores lojas de marca, vendem roupas made in china!!
Adorei a sua resposta a Ana Maria.
O blog é uma coisa pra gente se distrair e não pra atacar as pessoas, ainda mais em blog alheio rs...:(
Ah, tb sou formada em publicidade!!
bjokas

Eu como boa fanatica por Tenis, aprendi essa liças faz tempo. Nike, adidas, puma, tude made in china.
A gente preciss de ligar ehh na marca, pois como já foi dito, ehh ela q vai garantir a quanlidade, não importa onde instale a fábrica.

Você tem razão quando aponta a melhora de qualidade dos produtos chineses e a percepção deles sobre o que é necessário para prosperar no comércio mundial fora dos camelódromos.
Mas a gente tem que continuar atento à questão política na China: lá o Capitalismo está num estágio ainda selvagem (pelo qual o Ocidente já passou), e o governo nada democrático ainda esconde certas verdades. Muitas coisas ainda são produzidas com substâncias tóxicas, não há controle de qualidade rígido justamente para produzir mais barato e vender melhor que a concorrência (isso falando de marcas menos conhecidas e que não tem uma reputação a zelar). Fora que eles poluem o mundo horrores! Shanghai não tem céu, é pura sujeira.
Enfim, a gente sabe que L'Oréal e Estée Lauder têm fábricas lá, e que dá prá confiar no controle de qualidade e matérias primas deles. Mas em outras coisas "genéricas" acho que ainda não dá prá confiar não...
A verdade é que o Brasil precisa se mexer e tornar-se mais competitivo em diversos setores - mas não a qualquer preço (meio ambiente, trabalho semi-escravo). O esquilíbrio é sempre o ideal!

Boa, quanto ao comentário da Ana Cristina, acredito que ela comentou um grande equívoco sobre o públlico do blog. Me sinto jovem, sem dúvida, mas não sou mais uma menina entre 18 e 28 anos. E, sim, possuo 3.8, com muito orgulho e, acompanho o blog diariamente, não só a mim, mas como minha mãe que possui uma excelente cabeça, profissional de carreira aposentada, pele extremamente MA-RA, sem plásticas, e, hoje com 78 anos.
Acompanhamos as novidades por aqui, trocamos ideias, e, ainda conhecemos outros blogs.
Quanto ao post, a China hoje , traz excelentes produtos e graças a isto minha cidade com mais de 150 mil habitantes cresce com as inúmeras novidades de lá trazidas. Aqui, na cidade, há uma rua, digamos, "Oscar Freire" da cidade, que já trouxe ex BBB do Rio de Janeiro para comprarem roupas, maquiagens, bolsas das mais variadas grifes. Ainda por cima, não nos esqueçamos que a China emprega um grande número de pilotos brasileiros, comissários, que perderam seus empregos com o fechamento da Varig e outras.
Portanto, parabenizo o post, e, sem comentários ele é de utilidade pública, sim.
Beijos,
Eliana.
Mogi Guaçu/SP.

Complementando o que disse acima a Eliana,eu tb não sou mais uma menina.Tenho 44 anos,sou uma pessoa bem formada e bem informada,frequento lugares com pessoas do mais alto nível cultural e social,e sou fã número 1 deste blog....venho aqui todos os dias!!!Aqui me informo das novidades,me divirto com os cometários sempre bem humorados e inteligentes,conheço outros blogs,aprendo coisas novas sôbre aquilo que me traz aqui,mas sem jamais me sentir um "cachorrinho abanando o rabo",como se referiu a nós,leitoras do blog,a Ana Cristina,em seu "discurso" totalmente fora de contexto.
O que ela disse a respeito do blog ser um espaço ditatorial,aonde só acontece "babações de ovo" e "cachorrinhos abanado o rabo",só mostra o quanto ela não conhece o blog,e o quanto ela própria é uma pessoa preconceituosa e amarga.Portanto,não merece atenção.
Vivi,Ana & cia...vcs são umas graças...nos alegram diariamente com coisas que fazem a vida ficar mais leve,mais gostosa,e mais bonita! Parabéns! Vcs cumprem com maestria o objetivo deste blog!!! Continuem sempre assim...
Bjs.

Ana Cristina, reli seu comentário e não entendi como você pode achar que não menosprezou a Vivi. Seu preconceito é claro, você escreveu com educação, sim, mas é óbvia a agressividade velada direcionada pra ela. E pelo jeito pra mim e pras colaboradoras também, afinal vc cita o Twins como um espaço ditatorial. Como nele me incluo, ditadora devo ser.

Claro que todo mundo prefere receber elogios. Mas críticas aqui são bem-vindas sim, desde que a coisa não desande pro lado pessoal. E os seus comentários já viraram perseguição CLARA.

Se o blog não te agrada, a gente cansa de dizer: tem uma linguiça gigante aqui ao lado, sirva-se como preferir.

E pra terminar, usar termos pejorativos pra se referir a pessoas que você não conhece, é no mínimo doentio. Pra esse tipo de coisa, recomendo terapia (que pode ser até um tanque de roupa, fica a dica).

Que democrático..não vão aprovar meu comentário???

Não Aline, não vamos publicar "seu comentário".

Aqui a gente só publica comentários REAIS. Os que vc só fez na sua imaginação o blogger não tem como postar.

E mesmo assim, só vou publicar se eu quiser. Aqui não é a casa da sogra. Se os seus comentários (os reais) forem educados, tudo bem, a gente publica.

Já os seus comentários imaginários podem ser de qualquer nível, que a gente não tá nem aí.

Ana,
Ela não menosprezou apenas a Vivi,você e suas colaboradoras.Ela menosprezou também todas nós,leitoras do blog....nos reduzindo a 'cachorrinhos'. Quem sabe o tanque ajuda a ver a vida com mais leveza e menos agressividade!
Bjs.

Querida sei que você está irritado por conta do comentário da Ana Cristina, mas não sabe o teor do meu comentário pra que ser tão ríspida?? rs

Quero apenas concordar com a Ana Cristina (acho que temos o direito de discordar de vc) ela expressou perfeitamento o meu pensamento!

"(...) sei reconhecer os males que o capitalismo provoca na humanidade e como o consumismo desenfreado afeta os valores do indivíduo (...) Vc defende o capitalismo, mas afronta a democracia. Aqui só fala quem se manifestar sobre o que vc ache que deva ser falado."

Triste. Lamentável. Uma vergonha para a liberdade de expressão!!

Não vou deixar de frequentar o blog...e comentar quando eu não concordar!!!!

Pois é Fernanda, esqueci de falar sobre isso. Mas é coisa muito típica, sabe. Gente que age dessa forma é assim: gosta de ditar verdades, e quem não pensa igual é "ditadora" (se é quem opina) ou "ovelha" (se é quem concorda com a opinião). Ou, no caso de vocês, "cachorrinhas".

É difícil lidar com quem já chega pra discordar armada, né.

"É difícil lidar com quem já chega pra discordar armada, né."

Percebeu como vc também está com essa postura?

Mantenha a calma darling!

Pois é, Aline, mas ao contrário de vc e da sua amiga eu sei ler.

Quando vc disse "Que democrático..não vão aprovar meu comentário???", eu imaginei que vc estaria concordando com ela e seguindo a mesma linha "gêmeas ditatoriais". Não sei o que vc escreveu, pois é óbvio que não escreveu nada ("não sabe o teor do meu comentário pra que ser tão ríspida?"), mas que era coisa do mesmo nível "não sei discordar", ficou bem claro agora, não é mesmo?

Eu achei engraçado seu comentário. Pq eu estaria irritada com vcs duas? Um dia lindo desses, eu aqui tomando uma cervejinha na sombra, curtindo a vida. Não é vc que vai tirar meu bom humor, não se dê tanta importância.

Pode continuar frequentando o blog, e comentando, sempre que quiser. Eu e a Vivi estaremos aqui escrevendo o que pensamos, e publicando os comentários que quisermos também. :)

Bom domingo!

Só para constar, minha resposta tão comentada acima se deu apenas porque a Vivi disse, com todas as letras, que eu tinha perdido direito a réplica. Percebe-se que ela mudou de idéia depois, é claro, mas, para quem sabe interpretar textos, é transparente a informação de que não teria direito a responder.
Outra coisa, mais importante ainda, "terapia de tanque" é um termo extremamente preconceituoso e machista. Me admira uma mulher fazer uso disso.
Fiz o comentário que expressou a minha opinião sobre assuntos que devem ser muito bem ponderados para exposição. Como em um post onde vcs questionam a classificação de cosméticos como supérflua. Vai conversar com uma família que não tem comida para alimentar os filhos e pergunta se ela vive sem hidratante no rosto...
Já escrevi vários posts no seu blog. Não sei se vc se deu ao trabalho de ler algum deles. Nunca fui agressiva ou indelicada.
Repito, os termos ditadora e cachorrinhas só foram usados depois que a Vivi disse que eu tinha perdido o direito à réplica. Que mais eu posso dizer de um espaço que veta opiniões contrárias só porque... quer?
Com certeza é o blog de vcs. Com certeza não é um espaço público, então.
Seja um pouco mais parcial para analisar ações e reações e perceba que meu último post foi reflexo do que a Vivi escreveu.
No mais, pode ficar tranquila que não vou me alongar aqui. Realmente meu interesse sempre foi maquiagem e cosmética, mas isso eu encontro em outros lugares. Não aceito um espaço que não promove o debate, não aceita posições contrárias e, o pior, é feito para mulheres por mulheres que fazem uso de termos como terapia de tanque, coisa que duvido que vc usaria com um homem.
Da próxima vez que for lavar roupa, vou prestar atenção aos efeitos terapêuticos da atividade. Quem sabe o que os homens tb chamam de TPM deva ser curado no tanque ou no fogão, certo?
Lamentável o despreparo de vcs para enfrentar confrontos. Amadorismo é apelido.

Querida, que pena..basta ler sua resposta pra sentir como vc está sabendo lhe dar com a situação..
Vá relaxar..curta seu domingo..mas não deixe de refletir..tudo que acontece é pro nosso crescimento!
Enfim..não adianta esticar o assunto, apenas depois com mais calma, outro dia, releia os comentário aqui e veja que se criou uma situação que poderia ter sido evitada..
Pazzzzzzz!

Ana, tchiamubeibi.
huahuahauhaua
Me divirto.

Ah... outro detalhe que mostra que quem está armada é vc e a falta de preparo para lidar com opinião pública. "Ao contrário de vc e da sua amiga, eu sei ler".
Primeiro, saber ler em qual sentido? No de ser alfabetizada ou no de interpretar o que se lê? Não acho que eu tenha deficiência em algum dos dois, mas vc já fez seu julgamento, não é? Embasada no que?
E, o pior, por favor, reações infantis são as piores. Vc e sua amiga? Só porque existem duas pessoas com opiniões diferentes da maioria, são amigas? Grupinho? Nem sei quem é a Aline e duvido que ela saiba quem eu sou. Só aconteceu de termos afinidades em um post.
Até onde eu sei, vc e a Vivi se uniram justamente através de afinidades em comentários nos blogs, não foi? Pra que usar um tom debochado e sarcástico só porque não são duas pessoas que expressaram o quanto um post sobre a China que não expressa verdade alguma?
Engraçado é que costumo sempre comentar nos posts da Mel e nunca recebi tanta polêmica. Nem mem mandaram pro tanque. Engraçado, não?
Com o poder, vem a responsabilidade. Cadê a de vcs? Ou na hora de agir o negócio é esquecer o espaço entre o público que esse blog conquistou e responder como adolescentes nervosinhas e indignadas?

Aline e Ana Cristina, amiguinhas ou não, vocês estão certas, eu estou errada. E numa coisa vc está certíssima, Ana: com a visualização, aparece a encheção de saco.

Sou ditadora, infantil, machista, despreparada, nervosinha, e o que mais vocês quiserem (me desculpem, perdi o interesse. O post é da Vivi, depois ela lê direito e responde, se quiser).

Deixa eu ir lá porque é domingo e a praia me chama. Amélia que usa tanque pra lavar roupa (uso máquina, devo ser uma Amélia moderna) também merece descanso, né?

beijos

ps: Meu irmão também lava roupa. Isso faz dele uma mulher? Ai, não sei, aquela cerveja me deixou confusa... Fui!

Gals, se "alguém" cita que aqui não é espaço público, na hora das inscrições para sorteios que ultrapassam mais de 1.000 inscritos, então tudo vira beleza, não é? Garanto que são as primeiras a participarem.
Não vejo, sem defesa alguma, outro blog compartilhar os produtos que ganham com as leitoras, como o fazem praticamente sorteios semanais.
Há blogs que ganham e, nada compartilham, somente opiniões.
Acredito que as leitoras deveriam expressar suas opiniões, mas no momento, estão encerradas.
Estas não farão diferença.
Além do mais, cadê as 1000 inscritas que não aparecem, nesta hora? Expressem, sim, com carinho, com agradecimento, pelo qual o blog merece.
Abraços ...
Eliana.

não vou dizer muito, mas certamente concordo com você! (:
odeio quando falam que os produtos da china são ruins. e que lá só tem coisa falsa. mentira descarada de quem não entende de nada.
fui pra lá várias vezes. e é verdade que lá tem coisas falsas, tem como aqui. tem sim que tomar cuidado na hora de comprar. só que mais em barraquinhas nas ruas, tipo camelô mesmo. ou em edifícios parecidíiissimos com os shoppings da 25. nesses há muitos produtos falsos. contrabandeados também, eu acredito.
mas lá, dependendo da cidade, e do shopping que você vai, é mil maravilhas! juro, tem todas as marcas internacionais como você nuuuuunca viu. alguns shoppings não ter um ar chique como um cidade jardim da vida. alguns tem. outros não. mas não é por isso que os produtos vão ser falsos, né? I mean, c'mon!
volto de lá com produtos pela metade do preço do que pagamos aqui... e eu asseguro que não é falso. as boutiques são lindas, como em qualquer lugar! às vezes até mais lindas do que as daqui. lá tem várias marcas de make. desde mac até guerlain. sabe? e é legal que não é perfumaria (tem também, como a sephora) mas as marcas tem as próprias lojas e também stands. e é muito bom. me arrependi de não ter tirado fotos do shopping nessa última viagem que fiz.
ps. também tem aquele negócio de no começo não quererem acreditar na originalidade dos produtos do morangão. só porque vem de hong kong. sério, hong kong é o paraíso. hahahaha

falei muito anyways. hahaha

eu tinha visto o tamanho dos outros comentários e os ignorei antes de escrever o meu. agora li todos, com atenção.
e o que eu quero dizer é que vocês duas, ana cristina e aline estão muito equivocadas. e sinceramente, vocês não conhecem as leitoras do blog então façam o favor de não falar de ninguém. se não sabe do que ou de quem estão falando, então simplesmente não postem nada.
e o capitalismo vai ganhar do comunismo da china, vocês vão ver.

vivi, liga não pros comentários dessas duas ai. (: você tem ótimas leitoras e fãs do que você escreve.

Sugestão (tipo assim, S-U-G-E-S-T-Ã-0):

coloquem um adendo no "Deixem um pitaco, sweeties".

Algo como "mas não ousem discordar" ou "desde que esteja do nosso lado" ou "batee aky ameega deeva".

Imaginem se todo mundo que não conhece as donas/leitoras mais assíduas do blog, mal sabe seus CPFs, identidades, fichas corridas, destino de férias, religião e curriculum vitae resolve postar ?

Vai ser o caos, vai gerar discussão e ... a gente sabe, gente phyna não discute pois pensar dói.

Gente, mas porque será que Iemanjá resolveu devolver as oferendas aqui?

Vão, voltem para o marrrrrr!!!

Infelizmente, algumas poucas pessoas não sabem diferenciar debate de baixaria e atiram argumentos, não os expressam. E depois ainda levantam bandeirinha de democratas.

Eu aceito discussões, sim. Um bom argumento sempre será bem vindo, contra ou à favor. Aliás, coisinha mais antiga, néam? Direita, esquerda, social-democrata? A única coisa de que faço alguma questão é que eu não fique conversando com a parede, porque, pra mim, perfil falso e anônimo é mobília, faz parte da decoração.

Só para deixar bem claro: nós só tivemos problemas uma vez com algo parecido com cyber bulling e ele foi resolvido quando lembramos a pessoa em questão de que os IP's são registrados, como em todo blog. E apenas esse número é necessário para a Delegacia de Crimes Virtuais, para investigações sobre calúnia, difamação ou qualquer outro tipo de acusação infundada. Fechar comentário pra quê, não é?

Então, fica assim, qualquer pessoa é livre para interpretar e opinar da maneira que desejar. Educação e bom senso são recomendados, no entanto. É uma coisa comum, chamada simpatia ou sociabilidade, que nem é o caso, já que ninguém está aqui obrigado, certo?
E relembrando: não gosta do blog? Botão vermelho com X no canto superior direito da tela.

Interessante como em tão pouco tempo esse assunto surge em meus olhos e ouvidos, rsrsr.
Hoje mesmo tava conversando com minha mãe sobre muitos dos carros importados que tem parte da sua produção feita na Argentina e no Brasil.
Ainda ontem, estava rindo de alguns produtos de confeitaria que a gente tem aqui em casa: carrega a marca de uma empresa americana, mas no bico de metal tá escrito KOREA. Mesma coisa com uma paleta de sombras da Revlon que dizia: produto feito em N.Y. U.S.A. e a caixinha feita em Taiwan. Essa informação também estava em francês, rsrsr. Fora os Crocs que tem a numeração em inglês e diz que foi fabricado no México.
Só rindo, né?

Bjs

Puxa, vida! Não acredito no que li agora pouco nos commments. Gente, quem lê não é obrigado a concordar com tudo não! Se não gostaram do post, não gostaram. Mas sair acusando os outros assim, tá errado. Será que as mesmas pessoas gostam de ser julgadas? Tenho quase certeza que não.
Respeitem para serem respeitadas. Sem baixaria, please.

É isso aí!!!
Bjs,e bom final de Domingo com Sol,cervejinha,(no meu caso caipirinha)amigos,família e principalmente boa vontade e bom humor!
Bjs.

Me desculpem, mas dizer que um bom argumento sempre será bem-vindo é demais na mesma página onde uma pessoa foi acusada de desqualificar a outra (Ana Cristina, acho) após dar sua opinião.

Encerro aqui minha curta participação, mas não sem antes criticar mais uma vez a arbitrariedade que vi aqui. Muito simples dizer "não gostou, sai" mas isso, felizmente, não é digno de ser aplicado em um ambiente na Internet como este aqui, que abrange um grande número de leitores e que deveria saber lidar com isso. Caso não saibam (e eu tenho quase certeza que vocês sabem bem), o espaço de vocês é bastante forte em termos de formação de opinião. Por isso, e apenas por isso, eu achei pertinente as críticas feitas anteriormente, as mesmas que vocês julgaram falta de respeito, falta do que fazer etc. Acredito muito numa coisa chamada responsabilidade textual, uma espécie de compromisso que um autor deveria ter para com seus leitores e, enfim, talvez por isso eu dê tanto valor ao que vocês olham como "oferenda". A propósito: usar de sarcasmo é mais ofensivo que preconceito religioso ?

Abraços de fim de domingo ( me recuso a descrever o que fiz durante o meu dia só prá provar que "yes, sou GLAM") e passem todas bem.

*bocejo*

É verdade!!! Amo esse blog, curto muito as gêmeas. Estou no ultimo semestre de Administração de Empresas e tenho uma prova de Economia Internacional sexta feira que vem... assim que li o texto da Vivi, percebi que ela realmente se interessa por assuntos (de interesse público!!!) nos quais me interesso. Compramos produtos de marcas famosas, os aparelhos de dvd, por exemplo, e ao abrir os mesmos nos deparamos com peças importadas da China. E quantas empresas não seguem a mesma linha. Ainda ontem, meu professor (Economista, engenheiro, Administrador, pós graduado em várias áreas e ainda Executivo de uma Transnacional, comentou sobre isso. Ele me abriu os olhos, e na hora me lembrei de uma conhecida que mora no Japão, quando ela citou que as amadas paletas de 88, 120, 180 cores vem do mesmo lugar (a China) e só o que muda é o nome impresso na embalagem.. Temos mesmo de aproveitar o "lado bom" da Globalização, a concorrência das indústrias em oferecerem cada vez mais produtos e qualidade e comprar (de acordo com nossas condições financeiras) tudo o que nós, mortais, e lindas sentirmos vontade.

Só não aprovo comentários que visem denegrir a imagem de um blog com tantas seguidoras e o qual eu respeito.

GENTILEZA GERA GENTILEZA!!! Não esqueçam disso!!! Discordar de opiniões pessoais (a Boa fez questão de explicitar isso) é normal e emitir sua opinião a respeito também, mas sem insinuar... Existem frases que são ditas, nas quais sentimos rispidez entre as letras..

Fica aqui a minha opinião a respeito.

Bjs a todas, e continuo curtindo as novis do blog!!

Lamentável sua atitude de deboche, Ana, com as leitoras que proporcionam que o seu blog seja reconhecido e gere benefícios para as donas dele. Ainda que existam muitos sorteios, vcs ganham muita coisa e acredito que o Dermage e Época nesta página não seja obra da ONG Trendy Twins. Falta respeito e consideração por quem faz do seu blog o que ele é. Falta maturidade e profissionalismo. A não ser que tudo isso aqui seja só blá blá blá e hobby de quem não tem coisas melhores e mais produtivas para fazer, néam? (adoro esse vocabulário infanto juvenil... isso que está na moda, não é?)
Seu *bocejo* é a maior falta de respeito que uma (pseudo) autora de blogs pode manifestar.
Aplausos e eu te amos são paparicados. O que não convém vira tédio. Ou então o bocejo pode ser efeito da cerveja, que não entendi em que contexto foi inserida.
Eu respeito debates e discussões. Não respeito deboche em forma de "oferendas" e "bocejos". Mesmo porque, em nome de uma das mais sérias coisas a respeitar, a religiosidade alheia, evocar Yemanjá para a conveniência de quem não sustenta argumentos sem alegoria de palavras é um preconceito grande.
Mas a melhor parte foi cyber bulling... rs
Não li ninguém fazendo acusações ou difamando nenhuma de vcs. Essa parte foi hilária.
Vamos sim, todas para a delegacia, discutir o que deve ou não ser falado em posts de um blog, enquanto discutimos se globalizado é a forma redonda do mundo ou o que. Seria uma diversão, com certeza. Como se o nosso país não tivesse problemas maiores para cuidar. rsrs
Ai... viver para falar de cosméticos e maquiagem deve resultar nisso. Praticamente um peeling cerebral.
Vou buscar o que me interessa em locais mais honestos, humildes e menos prepotentes.

Há pelo menos 3 posts no blog explicando que os banners são espaço publicitário e não estão ali por caridade. Qualquer pessoa interessada em anunciar no blog Trendy Twins pode requisitar o envio de nosso Mídia Kit.

Os interessados nos trabalhos sociais/voluntários ralizados pelo Twins podem entrar diretamente em contato através de email. Aqui só se faz propaganda do que é consumível. Em relação à beneficência, ainda acreditamos que o que a mão direita dá, a esquerda não precisa saber.

"Ana Cristina" e "Paula": esse seu papo pseudo politicamente correto é a coisa mais entediante desse post, por isso bocejo.

É muito ENGRAÇADO querer dar lição de moral passando esse atestado de covardia que é escrever anonimamente ou com nicks que não permitem visualização.

Pena que esse papo de não voltar aqui seja balela. Pena.

Não foi isso o que eu quis dizer. Vc que não me entendeu.
Se o espaço de vcs é requisitado para fins publicitários, com certeza essas empresas consideram esse blog como fonte de credibilidade para divulgação e propaganda.
Quem dá esse aval para vcs é o enorme número de seguidoras e leitoras que visitam o seu blog e fazem dele um dos mais conhecidos da internet.
Quem valida o sucesso de vcs são as leitoras.
Não importa que a posição seja contrária sobre alguns assuntos, debochar de quem prestigia o blog de vcs é, além de falta de respeito, o mesmo que cuspir no prato que come.
Até hoje, acho que já fiz o cadastro em pelo menos cinco sites e portais onde me perguntaram de onde eu os conhecia e eu informei que foi através do Trendy Twins.
Perguntei se vcs se deram ao trabalho de ler os outros posts que eu escrevi para saberem que eu não estou aqui para agredir, perseguir, encrencar, provocar ou algo parecido. Tem muito tempo que eu posto aqui.
Na única vez que eu não concordei e expressei opinião contrária, virou essa polêmica injustificada e eu fui chamada de oferenda, motivo de bocejo, tive esfregado na minha cara que "não tá contente, cai fora" e mandada para o tanque. Essa foi a pior...
Vcs, mulheres, num blog para mulheres, mandar alguém fazer terapia no tanque.
Bom, Vivi, acho que não justifica realmente alongar isso. Não deixarei mais pitacos. Don't worry. Agora eu vou definitivamente, porque tenho um tanto de roupa me esperando na lavanderia.

Ana, última flor do lácio, vc promete que vai embora mas continua voltando.

Como dessa vez deu a louca e deixou até telefone, achei melhor recusar seu comentário.

Vou falar apenas mais uma coisa: vc já chegou aqui implorando por antipatia! Implorando! Não se faça de santa ofendida. Vc não é como as outras leitoras, que vc mesmo chamou de "cachorrinhas", lembra. Não se coloque no mesmo saco de gatas que elas, vc pulou de dentro do saco assim que resolveu interpretar o post, e as blogueiras, e tudo o que as blogueiras falaram da forma como interpretou.

Só gentileza gera gentileza. Já dizia o profeta.

Yes... I keep coming back... mas vc pisa no calo. Aí...

Ana, nem sabia como funcionava essa coisa de blogger. Perfil já compartilhado e atualizado.
Não sou covarde, nem fantasma.

Eu evito comprar made in Chinas por causa das sweatshops. Nem reparo se a qualidade é boa. A probabilidade de o produto ter sido feito em sweatshop é enorme, então prefiro não me arriscar. Também evito comprar de outros países underground como Camboja, Bangladesh, etc...

Paz, então, xará.

Me deixa ver o Antony Bourdain. Hoje ele tá na Sicília, e aparecendo sem camisa. Não é o Wolverine, mas eu não resisto a um homem com humor.

Me desculpa qualquer coisa, e agora EU FUI!

Concordo com a Ana Cristina.

Ana e Vivi...
'Tô' com vcs.É isso aí!!! Vamos continuar a ser bem humoradas,alegres e menos amargas. Vamos continuar a ver as coisas gostosas da vida de uma maneira leve,discutir sem agredir,não criar polêmica aonde é desnecessário....ser o menos antipáticas possíveis,e qdo for preciso dar um bocejo...pq não??? Tem coisa mais gostosa do que bocejar na hora certa?rs.
Bjs,e bom início de semana!

Os comentários estão de volta, porque já foram devidamente armazenados em backups.

Espero um mínimo de bom senso daqui em diante.

Oi,
Eu trabalho com moda ha muitos anos, ou seja entendo de qualidade
Estudei no Marangoni de Londres que eh super exigente,
Meu marido trabalho com investimentos ou seja eh super capitalista e o campo dele eh a China,
Eu estudei economia e sociologia no Brasil,
Eu moro em Hong Kong (China)
Sou muito capitalista e conheco muito bem a mentalidade chinesa, pois sou casada com um...
Enfim Ana Cristina, tenho calibre o suficiente para dizer que o post da Vivi "faz sentido", e que voce pode ate nao concordar mas eh no minimo ignorancia da sua parte tentar debater sobre um assunto que voce claramente nao domina e ainda com tanta agressividade.
Mas a Vivi tem classe e com uma batida de cabelo furou o teu olho, neste exato momento estou imaginando a senhora chorando sangue com glitter de tanta raiva.
bjs
pronto falei....atoron um perigo!!!
Ah! viviane martins

Postar um comentário

2010 Trendy Twins - todos os direitos reservados Desenvolvido por Projecto Comunicação