usuários online
 
 
 
Fashion Import
 
http://trendytwins.com.br/img/imagens/tit_girls.jpg
Faça parte desse grupo

Twin da Moda: Trocando o Branco Pelo Colorido  

Categoria(s) ,

por Ana Farias




Sou apaixonada por cores, daquelas que conseguem ficar horas admirando uma caixa de lápis só por causa da imensidão de tons presentes, que baba nos potinhos de sombra pelo arco-íris que ele oferece aos olhos, e acho que a maior graça em se vestir está no poder que a gente tem de misturar tudo isso.

Agora, eu fico pensando nos médicos, enfermeiros e todos os profissionais da saúde que quase obrigatoriamente têm que usar BRANCO. Todos os dias. No look inteiro. Chatice que enjoa né? Já ouvi depoimentos de profissionais que fogem dessa cor nos momentos fora do trabalho, por não aguentaaaarem mais a monocromia.

Aí eu sei também que tem gente que abusa da cor nos acessórios, mas convenhamos, isso TAMBÉM enjoa! Às vezes a gente precisa de uma corzinha na blusa pra dar uma animada, não é mesmo? “Mas pode usar cor então?” Claro que pode! E uma solução perfeita pra fugir do branco e continuar na mesma proposta de cor clara, o que é super importante conservar, é usar os tons pastéis e os tons neutros! Azul clarinho, lilás e verde água são cores que passam uma sensação de calma, de conforto e ficam lindos se combinandinhos com o branco. Amarelinho parece que anima a relação profissional-paciente, vai dar a sensação que você está mais próximo, não é mesmo?

Por você se vestir de uma forma diferente, seus pacientes vão parar pra pensar que você é um profissional inovador, que escapa daquela frieza do branco total, fora que fica lindo né? Acreditando nisso ou não, acaba funcionando como uma cromoterapia, já que todas as cores possuem uma mensagem específica.



Os tons neutros como os nudes, cinzas, azul marinho, os tons puxados pro dourado ou pro prata vão criar essa mesma proposta, porém de uma forma mais sóbria, já que eles passam essa mensagem de informalidade. Na maioria dos casos, a gente sempre busca combinar essas cores básicas com outra bem colorida, usando-as como base, nesse nosso caso "médico" são elas que funcionarão como ponto de cor sobre uma base branca.



Mas também não é preciso ficar combinando tudo com branco! Usar parte de cima e de baixo da mesma cor, mas de tons opostos (um claro e um escuro) é super válido e ficar maravilhoso. A monocromia dessas cores diferentes também fica um arraso.



Pode até ser que em hospitais não se possa fazer essa mudança “colorida”, não sei como isso funciona, se existe alguma coisa contra o uso de cores, mas quem trabalha em clínicas ou em consultórios próprios, nossa, pode e deve abusar desse arco-íris! Agora, se mesmo podendo usar alguns toques de cor, você estiver desconfortável em ser a única peça colorida de um hospital todo, não abra mão do jaleco ou de um casaco branquinho! Uma das minhas médicas sempre usa esse artifício quando lança mão das cores, segundo ela "o jaleco me deixa com mais cara de médica".



O uso de estampas tem que ser muito bem pensado. Nada muito extravagante e que de preferência tenha nuances de branco, pra não ficar chamativo demais. Aí abusa dos complementos da mesma cor e use de novo o truque do jaleco.



Dica importante: manera nos acessórios muito barulhentos e chamativos, procure usar sapatos fechados, confortáveis e que não façam tanto barulho e perfume forte é uma péssima idéia, principalmente às 8 da manhã com pacientes passando mal ao redor. Cuidado com decotes e comprimentos, pois você vai lidar com outras pessoas. Feito isso, bom trabalho!

Eu juro que eu tentei fazer o post com combinações de pessoas reais, mas minha internet é algo que não colabora! Daí lembrei que fazia tempos que não colocava montagenzinhas do Polyvore por aqui... Então nem adianta me perguntarem de onde são as peças! Beijos!

Correspondente (Gêmea) Especial Marina

14 comentários

Ah! Eu sei bem o que é sofrer da monocromia do branco. Faço de Odonto.
Sabe o que é fazer uma make lindinha, e ter que estar de branco da cabeça aos pés para ir para a faculdade?
E sim, é verdade! Depois que comecei a faculdade, foram RAAAARAS as vezes em que comprei uma blusa branca com a intenção de usa-la em uma balada. =(

Não sou profissional da saúde e não preciso usar branco, mas achei este post super interessante!!! Parabéns pela ideia, Marina!!
Bj, Flavia

HUm,nem só a saude vive de branco! Eu vou começar gastronomia e vou viver de avental/jaleco branco....Tô até pensando no sufoco!Adorei as dicas,assim já entro sabendo combinar tudinho!
Beijos

Trabalho numa Maternidade e por aqui só as enfermeiras que usam branco total, e só por costume mesmo, não tem nenhuma norma quanto a isso. Os medicos e médicas se vestem com roupas normais e só colocam o jaleco por cima.
Tem algumas manicures e esteticistas que são obrigadas a usar branco também.
Eu acho que pior que o branco é o preto que alguns cabeleireiros usam.

Marina Campos - Twin da Moda   says 18 de setembro de 2009 08:56

Ahahaha com certeza! Pior que branco, só preto! Branco pelo menos é fresquinho....

Na verdade, "pastéis" é o plural do substantivo "pastel" (aquele alimento gorduroso e delicioso que vende na feira).
"Tons pastel" são as cores claras inspiradas nas pinturas a pastel dos autores impressionistas. O adjetivo "pastel" não varia mesmo quando os "tons" estão no plural.
Fonte: http://www.gramaticaonline.com.br/gramaticaonline.asp?menu=3&cod=34&prox_x=6

Amei o Post. Adorei as combinações. Sou Biomédica e adoro usar variações de cores juntamente com o branco.

Beijos

Adorei o post! Não trabalho de branco,mas como gosto e uso muito....as dicas foram ótimas!
Bjs.

Suas combinações são um loosho, Sis! Parabéns!

Geralmente, a 'obrigação' do branco fica restrita principalmente às faculdades da área de saúde - com exceção da Medicina(pelo menos na minha cidade)

A grande parte das pessoas, principalmente os médicos, não usa mais branco total (a não ser quando está com preguiça de usar jaleco - o que sao outros 500 - ou se é uma pessoa mais tradicional).

É raro, na verdade, ainda existir algum lugar (fora as faculdades mencionadas anteriormente) que OBRIGUE a usar branco total. Até porque, se você está num hospital e a roupa fica suja por acidente (principalmente de fluidos e secreções, heh), fica difícil de esconder (ao contrário de um jaleco, que é só colocar outro).

E hoje em dia é bem comum ver médicas, enfermeiras, técnicas, etc, usando jalecos coloridos. Não há mais o predominio da brancura hospitalar.

ai amiga, adoro as combinações que vc faz, amo todas!

Marina Campos - Twin da Moda   says 18 de setembro de 2009 13:52

ah meninas, nos mil consultórios, médicos e hospitais que eu frequento assiduamente [oi, hipocondríaca?] eu só vejo gente de branco. pode ser que seja caipirice aqui da roça, mas fica a dica pra quem já tá enjoada!

Mto mto mto bom este post!Afinal branco total é um tédio...
Se dependesse de mim, nunca usaria o tal branco e sim uma roupa básica, prática, confortável e bonita com um jaleco de corte impecável que atenderia ao profissional e que seria aprensetável e elegante durante as longas horas de hospital. Mas, como ainda não tenho essa liberdade...branco só no hospital e muita cor fora dele!
Má, parabéns!!!

Oi, Marina!
Acho que você vai achar este post esquisito, mas...
Você devia inscrever este seu primeiro parágrafo no concurso Brilhante/Renner. Por que a sua vida não é feita de uma cor só? Concorra a 1 vale-presente de 500 reais, pra gastar nas Lojas Renner. Até 30/09/2009 pelo site www. maiscornasuavida. com.br Acho que você pode ganhar. Boa sorte!
Vera

Sou apaixonada por cores, daquelas que conseguem ficar horas admirando uma caixa de lápis só por causa da imensidão de tons presentes, que baba nos potinhos de sombra pelo arco-íris que ele oferece aos olhos, e acho que a maior graça em se vestir está no poder que a gente tem de misturar tudo isso.

Postar um comentário

2010 Trendy Twins - todos os direitos reservados Desenvolvido por Projecto Comunicação