usuários online
 
 
 
Fashion Import
 
http://trendytwins.com.br/img/imagens/tit_girls.jpg
Faça parte desse grupo

Hot or Not: Espartilhos (atualizado)  

Categoria(s)

por Ana Farias




Depois de ler essa matéria no site do GNT, fiquei pensando aqui. Não estava colocando muita fé nesse retorno do espartilho, ou corset, pras araras das lojas, não. Mas sabem que até gostei das releituras que tenho visto por aí?

Verdadeiro material de tortura, responsável por desmaios e mantido, acredito, à base de muita fome (porque pra caber nele, só mantendo esse tipo de regime), entrou pra história como símbolo de opressão feminina. Mãns, desde sua abolição no começo do século XX, o espartilho vira e mexe retorna como elemento de inspiração para o vestuário feminino: a silhoueta S dos anos 20, os vestidinhos estruturados dos anos 50, o fetiche total dos anos 80 nas peças de Jean-Paul Gaultier...

E ele voltou no final do ano passado, como "efeito cinta" por dentro das roupas. Ou por fora também, bem atualizadinho, é claro. Adorei principalmente os vestidinhos:


2009: Armani, Vivienne Westwood e Hervé Léger (montagem)


SPFW 2010: Priscilla Darolt e Cavalera (imagens)

Preferidinho:


Priscilla Darolt (imagem)

A Vogue fez um editorial lindo em setembro, fotografado pelo Bob Wolfenson, mostrando irmãs se montando no tema corset. Super vale a pena pra tirar inspiração pra vida, com menos Dior e mais C&A, é claro.

Infelizmente, essa tendência é só pra quem pode - como, aliás, 99% das tendências de moda que não envolvam sapatos. Ou melhor, que não envolvam bolsas, porque até sandália exige perna assim e não assado (sei disso porque minha perna se encaixa no tipo assado). Enfim, o mundo é das altas e magras com alguma pouca sustância. O mundo da moda é das Giseles. :(

Mas e vocês, o que acham dessa "volta" do espartilho?

Aproveitando, conhecem lojas que vendam fashion bacana pra tamanhos além do 40? E pra quem é muito baixinha ou magrinha (e que sempre acaba na seção teens das lojas de departamentos)? Ou pra quem é muito alta e não encontra nada que cubra braços ou pernas?

Se sim, deixem aí nos comments. :0)



ps: alguém aí assiste Drop Dead Diva (atóóóron!)? O episódio de semana passada, Dress, foi sobre isso, da moda ser geralmente pra um tipo específico de silhueta, e sobre como todos os outros 90% que não se encaixam sofrem pra comprar roupas - às vezes com humilhação included. No final utópico, ela consegue que a loja que ela resolveu processar comece a produzir os mesmos modelos fashion em plus size. Tá pra nascer o dia. Por enquanto, ai de quem não tem uma boa costureira...

ps2: continuando com as estatísticas, sei que 99% das pessoas que comentaram entenderam que eu quis dizer que a grande maioria dos estilistas faz moda pra quem é "normal": magra, mas não demais, alta, mas não demais. Não é só quem está, como eu, acima do peso, que tem problemas na hora de comprar roupas. É quem tem tronco "normal", mas muito peito, quem é magra "normal", mas tem muito quadril, é quem é muito alta ou muito baixa, é quem é magra demais. Assim como quem tá acima do peso não devia ser obrigada a comprar em loja que só vende modelitos com metros infinitos de malha preta, quem é pequena não deveria ter que comprar roupa de adolescente. E por aí vai. Não advogo apenas em causa própria.

ps3: não quis dizer que todas essas silhuetas fora do padrão precisam viver à margem da moda. Tem sempre uma tendência que dá pra adaptar, ou mesmo usar tranquila. Mas que a moda é feita pra quem é padrão, isso nem sou eu que estou dizendo, é lugar comum, verdade absoluta. O corset é pra quem pode, ou pra quem segura. ;)

51 comentários

Olá meninas tudo bem??? Adoro Drop DEad Diva!!! assisti esse da semana passada, e concordo plenamente com o seriado, nao existe uma numeraçao correta das roupas ...parece que algumas marcas vendem para cabides e nao para pessoas normais como nós podre mortais...rrsrsrs
Bjs

Adoro Drop Dead Diva, até pq sou advogada, ahahhaha. Lembro do episódio, já assisti a série inteira. É ótima mesmo. Mas realmente é um problema a questão da produção de roupas, não existe só três tipos de corpos de mulher (P,M,G), aí sobra de um lado, falta de outro. Todas sofrem. E as empresas deixam de ganhar. Bjus.

ai ana sua idiota para de fazer a gorda inconformada e procura se atualizar vai... ao inves de ficar buscando o dó dos outros pelos seus mil kilos a mais, faz um regime já que vc acha que o mundo é injusto.

Patty, é muito difícil mesmo comprar quando a gente não é "padrão" (por ser mais gorda, mais baixa, mais magra, mais alta, etc). Até em lojas que vendem pra quem tem menos poder aquisitivo, como Renner, Leader, etc - público que por definição geralmente não se encaixa nesse padrão modelo.

Regiane, se eu tivesse grana com certeza teria uma marca voltada pra quem não tá no padrão. Seria bem legal criar roupas e acessórios fashion que a maioria pudesse usar.

Anônima, tô afim de fazer regime pra me encaixar no mundo não, linda. Eu sei quem eu sou. Beijo!

Eu acho espartilho coisa phyna, mas como vc disse só se eu emagrecesse uns 50 quilos pra eu poder caber dentro de um. Esse negócio de tamanho de roupa é coisa muito séria. A cada ano eu tenho impressão que os tamanhos diminuem...E o mais engraçado são as calças, se vc pega uma 44 e uma 40 vc vê que as duas tem o mesmo tamanho na cintura, só são diferentes no comprimento. Eu choro toda vez que tenho que comprar calça...Aff!!1

e só uma coisa: que comentário raivoso é esse dessa Samara SP??? Cruzes!!!!

Bjs

Mônica, o problema é que não tem padronização, né. Em cada loja vc tem uma numeração diferente, e às vezes até na mesma loja. Não entendo pq eles não fazem uma tabela decente, afinal quem perde são eles mesmos: nesses tempos de internet, quem se habilita a comprar sem saber se vai caber, néam.

A falta de padronização é uma droooooooooga!!
Eu sei que Inmetro, Abit e Abnt estavam trabalhando para padronização das medidas, mas até agora não vi nenhum resultado!
Agora eu preciso dizer que a minha maior indignação é na Zara... Eu nem sou tão magra assim, mas sou bem pequena na parte de cima, com quase zero de peito. Aí que na Zara existe um grande número de peças, especialmente blusas, que eles simplesmente não recebem no tamanho P, só a partir do M! Como assim? Eles acham que no Brasil as mulheres não usam P na parte de cima? Eu já comprei uma blusinha M e mandei apertar, mas não faço mais isso pq a blusa custou uns R$40 e eu gastei mais R$ 15 para apertar. Agora, não compro mais!!!
Sutiã tbm é um problema... tem uma marca aí que vende uma numeração especial, em que o tamanho das costas é a numeração normal (40, 42..) e a taça é de outro tamanho (A pra zero busto, B para o "normal", etc) E quem diz que eu encontro a taça pra zero peito pra comprar??? Tá fora do "padrão", né! Como eu não pretendo colocar silicone, vou continuar passando raiva.. :-(

Ana, uma solução são as marcas que fazem espartilhos sob medida. Nesse caso, não importa peso, medidas, nem nada... Vai ser algo feito para se adaptar às formas do seu corpo.
Eu tenho uma amiga aqui do Rio que faz modelos lindooos e com preço justo (porque, convenhamos né, tem umas cosert makers que viajam na batatinha e assaltam as clientes), se quiser te passo o contato.

Beijos

Ai,amiga
sua cintura pode ate nao ser fina mas e muito melhor que ser GROSSA em outros aspectos como EDUCACAO...
Num gostou do que leu,olha o "xiszinho milagroso"no cantinho direito da pagina.

Amiga a questao e o seguinte:
sera que quem nao veste 40 mas tb nao veste 54 como eu vai gostar de entrar numa PALANK?
Eu amo a Palank,tem um cartao meu rsrsrsrs que ja pertence a eles,de tanto que cada vez que vou la,num consigo sair sem nada...
O mais bacana:tem calcinha de renda,sutia sexy,espartilhos de renda,cintos,shorts,bermudas,macacoes...
Veja la no blog minhas consideracoes sobre o fashion week Plus Size
Bjk estreladas e gorditas.

Eu acho liiiindo espartilho!

Vai minha dica é pras GG's como eu!
Além das lojas de departamento que eventualmente têm coisas legais (C&A, Marisa, Renner ou Leader), tem a Carlota aqui no Rio com umas roupas bem legais, mas com preço meio salgado.
E pra quem quiser dar um passeio, na rua Teresa, em Petrópolis, tem um monte de lojas (tanto especializada em GG como não especializada com tamanhos "generosos") com precinhos ótimos!

Vale a pena a gente ficar de olho também no SP Fashion Week Plus Size, que vai rolar esses dias aí. Vamos ver se tem alguma novidade

Quanto a padronização, já vi notícia de que em breve sairá uma tabela que vai padronizar os tamanhos de roupas para todas as confecções.

E Ana, é só isso será padronizado, nós não. (Ainda bem!)

Joana, passa esse contato aqui pra gente ver também! Bjo!

Li, fui na Zara e fiquei doida nuns vestidinhos leeendos. Mas a modelagem era impossível! O M ficava ótimo em cima, mas obviamente muito apertado embaixo. O G ficava larguíssimo em cima, e a parte de baixo era idêntica à M! Não notei essa coisa da numeração M pra cima, que estranho. E qual é essa marca de sutiãs? Me fala que eu tento descobrir onde encontrar pra vc. :)

Oi, Joana, me passa sim! Eu nem sei se quero um corset exatamente, mas sabe que me animo com essa coisa de sob medida (muuuuitaaaasssss horas assistindo Esquadrão da Moda! rs).

Glorinha, vou ver essa loja, nunca ouvi falar, então não deve ter aqui no Rio. Mas quando eu for pra Sampa visitar "minhas sobrinhas" vc me leva lá, que tal! ;)

Lorena, fiquei sabendo dessa, vou ficar de olho. Marca plus size geralmente peca muito pela falta de corte e de cor (aloou, preto emagrece 1 quilo, não 40! rs). Quanto à padronização, amei seu comment. :)

beijinhos!

Oi Ana!
Eu amo espartilho!! acho sexy e me sinto bem usando mesmo não sendo bem magrinha. Não sou gorda, mas também não sou magra, acho que fico mais como "cheinha". hehehe ( tipo a falsa magra)
Adoro este blog, adoro você Ana e a Vivi!!

E...Samara/sp(anônima) fofinha queridinha, se tu não gostou do post tudo bem, esta no teu direito mas EDUCAÇÃO é uma coisa que a gente nunca pode deixar de usar e muito! Então se não gosta das gurias daqui se manda! Vai achar um cusco pra tu pentear, te liga pra vida guria!

Beijão!!
Cristiane Vaz

Eu acho espartilho lindo!!!! Já tive um há mil anos e adoraria ter novamente, pena que já não vou mais a baladas ou lugares onde poderia usar sem parecer over.
Joana, passa o contato, please!!
E Samara, deixa de ser grossa e vai arrumar o que fazer!!!
Beijos
Flavia

uau! eu acho corsets HOOOOT!!!!

Alias, eu adoro a cintura marcada! na minha opiniao é uma das carcterísticas do corpo feminino que o diferencia do masculino e por isso deve ser sempre explorada!

Na verdade, gordinhas ou magrinhas, altas ou baixinhas SEMPRE tem coisas lindas a seu favor! Aprender a se ver no todo é o 1° passo: seja a pele de porcelana, os cabelo macios e brilhantes, os dentes certinhos e clarinhos, o colo e o busto fartos e sem manchinhas de sol, as pernas lisinhas, os pés (sim, pq nao!?!) hidratados e cuidadinhos...

Alem disso, eu acho DEMAIS as gordinhas que se assumem (mas olho na saúde, hem! nem td magrinha é saudável e nem td gordinha está com as veias/arterias cheias de gordura...).

Tem um reality/serie da Sony, Stylista, que estava vendo durante as ferias na casa e papy e mamy.
Uma das participantes (sorry, nao me lembro do nome), é uma mulher jovem, gordinha, bem resolvida, que abusa das cores/ recortes/ acessórios, usa cintinhos na cintura e sempre recebe elogios.

Ignorar que a maioria das produções visa as magrinhas é hipocrisia, mas achar que isso não pode ser adaptado e reconstruído para os outros biotipos é limitar-se ao óbvio!

Parabéns às meninas do TT por estarem sempre atentas e antenadas!

E claro, pessoas amargas como a que apareceu por aqui sempre existirão e farão de tudo para minar nossa auto-estima. O que fazer? Tomar banho de sal grosso, usar um raminho de arruda e rezar para que essa pessoa seja feliz e deixe vc em paz!! Isso não é altruísmo não, é sobrevivencia! hahahahahaha

Campanha "Não faça de seu coment um post"! kkkk Cruzes!

bjos, queridas

Oi Ana!
Então, o problema das blusinhas na Zara não é com toooodos os modelos não, mas já aconteceu comigo várias vezes... tem o caso de uma blusinha com ombro estruturado e um "lacinho" na frente que não tem P, as próprias vendedoras disseram que não recebem neste tamanho. De repente, é um problema "regional" (moro em Brasilia).
E a marca do sutiã é Liz. Até tem bastante nas lojas Americanas, vende inclusive pela internet, mas o problema é que eu queria experimentar um pelo menos, mas o 42A é lenda urbana pra mim!
Ah, e eu preciso dizer que eu aaaamooo o blog!!!
beijos

E olha que nos EUA o mercado está muito mais atento pro plus size! Imagina se o episódio se passasse aqui no Brasil, onde todas as roupas plus parecem roupas de velhinhas?

Eu sofro do problema contrário: tenho 1,58, peso 46 quilos. Minhas calças são 34 OU 16 anos. E sempre precisam de pence. Já cansei de comprar calaç/short/blusinha/vestido/whatever em seção infantil de Renner, C&A e genéricas. Quando estive nos EUA, fiquei maravilhada com o tal do "petite" - peças cortadas especialmente para pessoas menores! Yay! Porque, gente, eu posso ser pequenininha, mas eu tenho seios e ombros mais largos, que a seção infantil não veste bem :P

Beijinhos!

Gente, essa padronização tá é demorando demais. Não sei se já aconteceu com vocês, mas eu já entrei em loja lá do Bom Retiro em que a vendedora perguntou: Que tamanho você usa? E no que eu respondi ela mandou "Não aqui, benhê..." rsrsrs

Ganhei um short no Natal que é meu número e não passa das coxas. Pior que nem dá pra trocar, não tem a loja aqui :S

Eu simplesmente adooooooro os corsets... não sou Gisele, nunca serei (to mais pra Preta gil) mas eu não to nem aí... a gente acha corsets em vários tamanhos sem problema nenhum... o que temos que ter é estilo e semancol né não??? Bjus

A volta do espartilho é ÓTIMA, eu tenho um e uso sempre, por cima e por baixo da roupa. Eu não acho over não, pelo contrário... Muito bonito e já existem várias marcas que fazem corsets para Tight Lacing ou para festas. Não acho que o corset vai ser vendido que nem água pelas lojas afora, já que ele tem toda uma estrutura de barbatana por dentro (trabalhoso demais pras lojas) e isso o torna caro e mais puxado pra uma coisa "personalizada", por isso os ateliês fazem sob medida...
Pra quem tem interesse, visite o site da Madame Sher que lá ela explica bem a história, modo de usar e uns modelos lindos. :D

Beijos, meninas.

Cristiane, acho que é igual batom vermelho, tem que estar segura com a montação pra segurar o look!

Flavia, quando eu tava na faculdade (pra ver como é a moda, isso foi há uns 17 anos atrás), tinha uma blusinha corselete linda de morrer, amava! Hoje eu acho que não tem mais a ver comigo, mas quem sabe, né...

MClara, que isso, adooooroooo comments gigantes! Bom, eu foquei na questão do plus size porque é o meu caso, mas na verdade eu tava falando de todo mundo que tem problemas com caimento de roupa, por ser alta, baixa, magra demais, ter peitão, ter muito quadril, etc. E claro que a gente precisa cavar nossos espaços, e descobrir o que dá certo pra gente. Eu não sei se me expressei errado, mas não quis dizer que é impossível encontrar trends que caibam em quem não é padrão, e sim que é uma pena que quem faz a moda não entenda que os "excluídos" tb tem dinheiro pra gastar. E direito de se vestir na moda, por que não? :) Enfim, acho que deveria ser mais fácil comprar, só isso! rs

Li, vou procurar saber. :)

Juliana, pois é, não é só quem tá acima do peso que sofre e frustração na hora das compras... Quando eu tava na Austrália era uma beleza comprar, porque era só procurar meu número. A roupa podia não cair bem por N motivos, mas cabia!

Vivi, comassim! Que loja não tinha o seu tamanho?

Momô, emagrecer é difícil, mas muito mais difícil ainda é "adquirir" semancol. Isso é algo que passa de mãe pra filha. Quem perdeu na genética, fica sem!

Eu acho espartilho, corset e família SUPER HOT! Deixa a mulher 1.000 vezes mais feminina!!
Beijão!

Danie, valeu pela dica! E o bom de não acabar em tudo que é loja é que fica uma coisa mais difícil de encontrar igual na mesma festa, né! :)

Acho lindo espartilhos quando não usados de forma vulgar. O maior inconviniente da peça, no entanto, é o preço, carésimo!!

De "Drop dead diva", baixei e assisti todos os episódios e simplesmente AMO a série!!

Bjks e boa semana.

Ah esqueci
Eu babo e tremo nos espartilhos que a Fernanda Young usa...
Adoro,acho EXTREMELLY HOTTTTTTTT
Para as gorditas lollitas rs:
Se vc quiser um espartilho de LINGERIE p usar com o bofe,a velha e querida DE MILLUS tem uns lindos ate o n 54...
Mas esses sao para usar so na intimidade,ta.
Num vamos fazer besteira minhas fofis!

ana concordo contigo a "moda é das mulheres de corpo a la gisele bundchen.apesar de eu ser magra e usar manequin 34 ou 36 e ser baixinha tenho dificuldades de encontrar roupas que me sirvan bem.
e essa SAMARA o que quer aqui? antes de vir aqui dar teu 'ar'...vai te reeducar fofa! bom senso na hora de opinar nunca é demais.

Este comentário foi removido pelo autor.

Sim, eu também amo espartilhos!!!
Adorei os vestidinhos, lindos!

Mas, detesto os padrões e a maneira como a moda é feita, excluindo quem não tem exatamente aquelas medidas, como se nós mulheres fôssemos produção em série. Sou a favor a diversidade e cada um saiba valorizar o que tem de melhor.

Acredito também que a padronização "P M G" tenha seus aspectos positivos, porém como já foi dito aqui, não existe só três tipos de mulheres. A padronização iria limitar ainda mais a possibilidade de encontrar algum modelo que seja adequado para seu corpo. Por exemplo, você vai em uma loja aquela blusa G ficou apertada. Já pensou se o padrão G fosse esse? Qual escolha você teria, exceto se conformar em se ajustar ao padrão ou ir a uma costureira?

;) =***

Acho lindissimo esse estilo,principalmente em um vestidinho c um ar romantico,fica menos "pesado"!Aqui na europa a coisa pegou tanto q as cadeias de lojas low cost inflaram as araras c este estilo.

Bjos de Roma!!

www.nayralaise.com

eu sou do tipo " alta q nao acha nada q cubra os braços e pernas " e tambem da "magra q tem q levar calça jeans pra ajustar na costureira " acho um saco ter q ficar adaptando a roupa pra ficar bem em vc . até gosto de corset , mas pra mim nao da pq tenho pouco peito e nao fica tao legal assim :\

Acho lindo espartilho, deixa a mulher mais... ahnn... MULHER! rs
Queria muito ter um!
Esses dias eu tava vendo o blog MakeUp Atelier, da Cintia, e vi que ela tem muitos, que são feitos pela Madame Sher (http://www.madamesher.com/pt/home/), tem um mais lindo que o outro!
Bjs

Ih! Isso é o maior problemão.

Passei anos sem comprar/usar calça jeans pq nunca passavam nas coxas. E, qdo passavam, sobravam léguas na cintura.

Agora estou "me entendendo" com as calças da Folic, mas sempre tenho que mandar acertar na cintura. Ah! E comprei 2 na Marisa no final do ano que ficaram boas, mas só rola se tiverem strech, senão mal consigo me movimentar.

Sobre as blusinhas da Zara, acho que TODAS as P vieram pra SP, afff!

Eu acho lindooo,fino e sexy,mas haja corpo p/usar,né?
Bjoss
adorei o blog!

Vi uma menina reclamando da Zara nos comentários e concordo muito! Quase nunca tem tamanho P! Na liquidação, nem em sonho.
Tenho outro problema grande lá. Uso tamanho 34, às vezes 36, e a maioria da saias e shorts lá são tamanho P,M, ou G. E o P é enorme, deve ser um tamanho 38. Se ainda fizessem PP, mas só tem para alguns vestidos. Poderia mandar ajustar, mas num vale a pena comprar algo barato na Zara e gastar um monte para ajustar, melhor comprar numa loja mais cara que tenha meu tamanho ou inclua o ajuste no preço da peça. É muito frustrante saber que num tem seu tamanho de alguma coisa que você gostou muito.

Simmmmmmmmm, sou baixinha e nunca encontro nada do meu tamanho!!

Nossa, fiquei passada com essa garota aí de cima, a Samara.
Ela faltou nas aulas de senso crítico?
A-looou, ninguêm aqui está a fim de ver seus comentários preconceituosos, até por que a Ana reclamou de uma coisa que é direito dela, já pensou se de repente sumissem as numerações 36-38-40?
Você não iria reclamar como ela reclamou?
E outra, o blog é dela, o post é assinado por ela, ela escreve o que ela quiser....
E você pode ver como você deveria aprender com ela... que ''phynesse'' pra responder seu comentário grosso.

A vida passa tão rápido minha gente. Temos de ser feliz do jeito que somos, sendo felizes, somos queridas também...
Mas sendo azeda como a guria aí fica difícil.

Ana, tb AMO Drop Dead Diva, já a vi a série inteira e tb sofro com as modelagens. O meu problema é ser falsa magra, já que quase não tenho barriga, mas em compensação, minhas pernas são grandes rolos... Além das ancas enooormes... (detesto!) Aí comprar calça pra mim é um problema, o-d-e-i-o essas lojas cujas modelagens 42 são apertadas até pra quem veste 38!! Isso super deprime, ainda estou á procura de uma marca que me entenda. Se vc souber, por favor avise. Bjos

Ah, sigo o blog de vcs há muito tempo, mas acho que nunca comentei, que pouca vergonha!

Bom amores, permitam-me só esclarecer alguns pontos: existe uma diferença entre corset e corselet. Sim, antigamente eles eram usados de forma inadequada, a sociedade exigia cinturas impossíveis e pra conseguir isso, nós, pobres mulheres, nos rendiamos ao corset e por apertar demais, acontecia isso tudo que vc comentou e já sabe. Bom, os 'novos' corsets são usados de forma mais inteligente, quem os usa para o chamado Tigh Lacing, para diminuir a cintura, o faz gradualmente, e não morre de falta de ar. O corset é feito de várias camadas de tecido e tem em sua estrutura barbatanas de aço e os corselets são mais leves e simples, normalmente suas barbatanas são de material maleavel e não possui tantas camadas de tecido (acredito que no máximo tecido + forro/entretela!) e não serve para afinar a cintura. Acredito que, esses 'corsets' que vc encontra nas araras das lojas, na realidade sejam 'corselets'. Corset normalmente é feito sob medida...

Eu sou doida por corsets desde que me conheço por gente, e infelizmente não é pouco tempo! rs Esses corsetdress que vc citou acima, da Cavalera e da Priscila Darolt, são da Mme Sher. Existem mtas marcas boas hoje em dia, mas acompanho a Sher desde que ela fazia corsets só para uso pessoal, ou seja, há uns 10 anos... de longe, o trabalho dela é o mais lindo, qualidade impecavel em tudo, inclusive no atendimento. Pra quem quiser conhecer, pode procurar tb os da Black Cat, tão bons quanto (existe um 'fake' da Sher, usando o nome de Mme Cher, é falso!!!!).

Enfim, a intenção não é fazer merchan, longe disso! É só para mostrar que marcas fazem corsets de qualidade =)

Bjos!

Oi, Ana!! Lá vem comment-carta!
Eu sou absolutamente APAIXONADA por espartilhos, corsets, underbusts, waistcinchers. Na verdade eu tenho um pezinho (ou dois?) na moda fetish (ai, eu era gótica dark romântica trabalhadinha na renda), AMO!
Acho que corsets caem superbem em mulheres de todos os formatos, porque eles são feitos para estruturar o corpo de forma bonita. Uma menina muito magrinha ganha curvas, uma mais gordinha afina a silhueta e define a cintura (e consegue isto sem parar de respirar!), além de os corsets valorizarem os seios!! Empinam, juntam, separam, deixam mais redondos ou pontudos de acordo com o gosto do freguês. Freguesa, no caso... ou não... mas isso é outro papo, estou tergiversando! hehe
Bom, para isto tem que ser um modelo muito bem feito, com material de qualidade, barbatanas firmes. E, é claro, estou me referindo a corsets, não a esses espartilhos comuns de lingerie que vendem em lojas de departamentos ou na DeMillus, que podem até ser bonitos e sexy na cama, mas são OUTRA COISA! Muito perigosos de se usar fora do quarto... MEDO!! Estes sim podem ficar cafonas e tb vestir muito mal, até por causa desse problema de modelagem das peças fabricadas em série.
Pra ficar perfeito, tem que ser sob medida, eu acho, ou a pessoa ter **sorte** de encontrar o modelo que caia bem, de uma marca boa.
Como eu AMO corsets, fico com ciuminho que entre na moda. O lado bom é que pode baratear o custo e facilitar pra gente encontrar.
Recomendo MUITO os corsets da Mme. Sher, mas agora ela está famosa e os preços foram parar no teto!!! Vou ficar de olho da dica da Joana, tb quero conhecer a menina dos espartilhos no Rio.
Bom, escrevi tudo isso só pra dizer que TODO MUNDO pode usar um espartilho bem feito. Boto fé.
Beijos da Marília (das Trendy Girls Meeting RocknRoll Band!)

Corset tem que ser MADAME SHER ela faz todos sob medida e ainda te dá dicas de qual fica melhor para seu corpo, ela vestiu frnanda young para a playboy e faz todos os figurinos dela no programa... corsets lindos...fora que é uma fofa simpatica...

www.madamesher.com.br

Oi meninas, a primeira vez que entro no blog e acho um post sobre algo que amo: corset. Ao contrário do que ouço o corset e beeeeeeem democrático, veste das magrinhas as gordinhas com tranquilidade, nos deixa mais femininas e acho lindo, mas concordo também que é um pouco complicado de usar, como li em um dos comentário: é como batom vermelho ^^, as vezes saio e as pessoas olham com uma cara... meu namorado nao gosta porque acha que chama atenção e não costuma ver ninguem usando. O grande problema dele é o preço que é carinho, mas vale super a pena, pelo menos pra mim, já que é uma peça pra vida toda. Acho bem tranquilo de usar, nao é aquela coisa que dizem que nos mutila, respiro tranquilamente e acho confortál.

ôôôôô, Ana...
eu acho que fui eu que acabei me expressando mal... com td a minha falação (que bom que vc curte os giga-coments! rs) eu quis msm foi fazer coro a td oq vc colocou no post!!
Facilidade nas compras para tds!!!

Com tantas experienciencias sendo contadas, vou abrir tb o meu coraçãozinho: oq mais me dá
P-A-N-I-C-O na hora de comprar são as roupas de festa e os biquinis!! Nossinhora!! Costumo dizer que nesses casos, não sou eu quem escolhe, os modelitos é que decidem se me querem ou não!!! huahauhauah

E, ah, o projeto verao TT me deu um bom empurraozinho e "a saga pelo tanquinho perdido" (ChocoGirl que me "ouça"!) tb super me incentivou a cuidar mais da panci... digo, meu abdomezinho... kkkk

muitos bjinhus

Oi, mulherada!!
Eu sou plus size e um dos meus apelidos é "XL Bündchen", justamente pq adooooro roupas "zeqsy" e todo tipo de peruagem. E lógico, amo coselets, justamente porque eles seguram que é uma beleza! (Aliás, o último comprei na Marisa, e na promoção \o/!) Também amo Drop Dead Diva, porque defende toda a idéia de real beleza, mas sem ser hipócrita (o que também é fácil, lembram do forfait do post da Pri em Forma?).
Vou dividir em dois comentários, no próximo eu coloco dicas de onde achar roupas...

Bom, então vamos às dicas pras Gês:
1 - Sabe onde monto meu guarda-roupa modéstia à parte muito elogiado? Em casa! Não é jabá não, é que a mams acompanha desde sempre o meu drama pra comprar roupas, então resolvemos por conta própria! Minha mãe vende roupas pra tudo quanto é tamanho, e desde o 34 até o 50 e tantos. Como ela vende em casa e compra peças exclusivas, então varia muito (toda semana ela tem coisa nova), daí a numeração flexível. E ainda tem direito a bolo de vó (minha mãe é quase avó...rs) e consultoria de compras (que a gente dá pitaco também!) Só a localização que não é das mais fáceis, na Vila Formosa (ZL de Sampa).
2 - Aconteceu um negócio mto engraçado nesse fim de ano. Tava na PERNAMBUCANAS, e vi uma menina fashionérrima com pinta de modelo (pois é, também me surpreendi...rs), atrás de uma vendedora com um sutiã lindo e imenso nas mãos, pedindo um tamanho pequeno. A vendedora disse "desculpa, mas esse é da linha de Tamanhos Grandes", e a menina ficou com uma cara parecida com a minha 99% das vezes que saio do provador da C&A: frustração pura. Isso dá uma idéia do quanto a linha de ligeries grandes está fa-bu-lo-sa! E precitcho amygo da Pernam, né, gente?
A Palank e a André Apasse têm roupas muito lindas, mas acho caaaaaaras, então, nem falo nada...rs
É isso. Espero que tenha ajudado. Beijos!

Oie!

Tô feliz com esses comentários...
Me identifiquei com a Li, tenho 1,69 e 49kg...
Todo mundo que convivo tem ou um tamanho normal ou mais cheinho, ai nunca tenho com quem dividir minhas frustações.
É como se fosse pecado você ser magra e ainda encontrar motivo para reclamar.
Pelo menos meu dou com o sutien 40.
Mas como tenho as costas muito estreitas e pouquíssimo peito é um dilema encontrar blusinhas bonitas que me sirvam.
Meu namorado que acompanha meu sofrimento (e apoia implantes de silicone, mas eu me gosto assim!!!) me deu de natal uma blusinha linda, mara, per, exclusiva, da Ópera Rock, tamanho P, jurou ser tão pequena que não tinha erro. Gastou uma pequena fortuna.
Quando vesti adivinha só? A blusa rodopiava 360°, a minha frustação foi grande, a dele também. Ajustar era fora de cogitação pois iria estranhar total o modelo.
Fui trocar! GENTE! NADA naquela loja que eu acho linda me servia!!!! Acabei trocando por um shortinho jeans balonê e uma frente única de malha fria que só serve com sutien de bojo.

Se alguém souber de loja com bons preços em Sampa com tamanhos diminutos falem!!!

Ah! Minha mamis é GGG, e acho a Palank um charme só! Agora com esses comentários vou levá-la quando ela vier de Minas.

Beijos a todas!
AMO o blog!

Sei bem do que você está falando, Má! Eu,por exemplo, sou bem magra... Manequim 36 mesmo! Mas tenho seios bem grande e isso é um problemão na hora de escolher roupas. Tenho sempre que comprar biquini G e mandar reformar a parte de baixo... Isso é horrível mesmo.

Flavinha, muito estiloso mesmo. Mas prefiro os modelinhos com as formas do espartilho embutidas no desenho. Pra mim, claro.

Sheila, eu Tb tô adorando, viciei. Time Tony Nicastro forever <3

Glorinha, esse é oooutroooo tipo de espartilho, é pra CAMA, não pro dia a dia! Rs

Márcia, foi isso que eu quis dizer. Entendo que não seja financeiramente viável fazer peças pra quem não cabe (literalmente) no padrão, mas esse tipo de linha daria lucro Tb, afinal pelo menos 80% da população não mede 1m70, pesando 55 quilos e com todas as medidas certinhas.

Julia, manda foto!

Fernanda, a padronização não apelaria pra 3 modelos. Nos EUA começa com 0, e segue até o 16, se não me engano (sempre números pares), e depois disso ainda tem os números especiais (os plus size).

Nayra, as européias sabem se vestir, né!

Anônima, vi um Esquadrão da Moda bem específico pra vc outro dia. O negócio é comprar tecido pra colocar nas mangas, não tem jeito...

Tatá, falaram da Mme Sher aqui, vou lá ver.

Rê, eu só consigo comprar calça jeans na Folic, porque elas são bonitas e cabem! Rs

Lara, eu já diria “haja peito”! bjk

Carla, parece que o negócio é esse, achar uma boa costureira pra ajustar. Mas que é uma pena ter que gastar mais, isso é.

Anônima, :(

Witched, cada um com seu cada um, fia. O negócio é não se deixar atingir pela infelicidade dos outros.

Tais, e se vc descobrir, me avisa Tb! :)

Ju, brigada pelas infos! Beijim

Marília, isso que eu falei pra lorinha! Já pensou, sair por aí com aqueles trens aparecendo... ui! Rs

Thielly, tá todo mundo sabendo menos eeeeuuu!!!

Monique, eu teria de experimentar um pra saber se é confortável, tô até me animando!

MClara, nem fala em biquíni! Quando encontrei um modelo bonito que me favorecia, comprei logo 4! Já tem mais de 3 anos, e ainda estão lindos.

Rachel, amei o "XL Bündchen”, e as dicas também! Brigadinha pelo carinho em escrever tudo, viu.

Pri, ninguém é normal, essa é a delícia do mundo! ;)

Anônima, pra esse problema o único jeito é mesmo comprar maior (blusas que não esgarcem no peito) e mandar apertar. Vi nos EUA uma loja que tinha tamanhos de blusa igual os sutiãs, pena que essas coisas a gente não acha aqui!

Aline Bustamante   says 21 de janeiro de 2010 00:40

Ai q delicia... eu e minha irmã pensavamos ser as unicas no mundo a medir 1,60 e pesar entre 40 e 45 Kg (o real eu nem sei pq tenho meedo de me pesar!!! e ela é ainda mais magra do q eu...)
É beeeeeem dificil comprar roupa q nos sirva... Em promoção entao... Aff...
Mas a gente persevera... e ajusta ne?! Fazer o q...
Eu consegui algumas roupas legais numa loja no Barrashopping (RJ), acho q o nome é Get Girls...
so tive q me conformar em dividir o provador c/ meninas de 10/11 anos (eu tenho 23) e em pagar um precinho nem tao amigo.. Ja a minha irma nao teve jeito, nem la ela conseguiu algo!!!

Q venha a padronização.. e q a mesma traga tamanhos ainda menores q os atuais!!!

Bjsssssssss

Se eles oferecem essa opção não vejo porque não aceitar, se isso dá prejuízo eles q cancelem a "vantagem", mas não acho errado quem pediu.

Olá, resolvi meu problema, deixando a minha vergonha de lado (ñ sou XL) e entrei em uma loja de gordinha (Brás/SP), onde me acabei de comprar. Soutien uso da Liz, que tem tipo de bojo e tamanho das costas diferenciados. Adoro corset, mas ainda não encontrei o que me sirva. bjas

olá,tb sou GG e tenho muita dificuldade de comprar roupas modernas aqui no RJ, fora o que encontro na Leader que, via de regra não tem modelagem moderna e jovem. alguém sabe de lojas no RJ onde posso encontrar peças joviais e de boa qualidade? Bjss. Diva.

Postar um comentário

2010 Trendy Twins - todos os direitos reservados Desenvolvido por Projecto Comunicação