usuários online
 
 
 
Fashion Import
 
http://trendytwins.com.br/img/imagens/tit_girls.jpg
Faça parte desse grupo

Sobre o Reembolso do Strawberrynet  

Categoria(s) ,

por Ana Farias




Meninas, eu e a Vivi cansamos de dizer que somos contra pedir reembolso do Morangão.

Isso porque achamos que quem compra fora sabe que está correndo o risco de pagar a terrível taxa de importação - isso pra qualquer compra, inclusive abaixo de U$50! Quem vende enviando como sendo de pessoa física pra pessoa física, ou colocando um valor abaixo do verdadeiro corre riscos. E quem recebe o pacote, se for pego pela alfândega, se não me engano, está sujeito a cobrança de taxação total, não sei se multa.

O Strawberrynet, até onde sei, é o único site que oferece reembolso em caso de cobrança de taxa. Quem decide se beneficiar dessa alternativa, geralmente o faz achando que a empresa tem tanto lucro vendendo pro Brasil que isso não deve nem incomodar.

Bom, eu realmente não sei por que eles têm essa opção. Provavelmente é pra assegurar que clientes de outros países possam comprar sem o medo de quem sabe serem taxados. Outros países que não o Brasil. Porque no Brasil não ser taxado é a exceção, não a regra. E eu duvido muito que uma empresa iria topar arcar com a dívida que eles com certeza têm com a inacreditavelmente gulosa receita de nossa terrinha. Seriam eles bonzinhos? Mega compreensivos?

É muito pacote taxado SIM, é só ver os relatos de internet. Não sei a porcentagem, mas isso só eles podem saber, não dá pra chutar um número. Eu nunca tinha sido taxada antes, tenho uma amiga que é taxada sempre. Em princípio, todos esses pacotes deveriam ser taxados, e quando não são é caso de sorte, por vários fatores que já discutimos por aqui.

Eu sinceramente não entendo por que pedir reembolso pra única empresa que o oferece. Porque se a compra foi em qualquer outro site, perdeu, playboy, é pagar ou pagar. Como in the name of god a gente pode pensar que "não faz mal pedir reembolso, já que eles oferecem"? É a mesma maneira de pensar de uma tia minha, que não pôde ir pra escola, porque casou cedo, teve 493827138 filhos, precisava trabalhar na roça, e hoje acha que pode ficar com a mangueira ligada o dia inteiro, que essa história de que a água pode acabar é mentira, que é só olhar pro lado e ver quanta água tem no mar.

Pra tudo nesse mundo existe uma consequência. O Morangão é uma empresa. Qualquer detalhe que ataque sua margem de lucro vai ser levado à sério, e sofrer um contra-ataque. É muita ingenuidade achar que poderíamos comprar sem medo de pedir ressarcimento sempre que necessário, e que isso nunca reverteria contra nós mesmas. Pior: contra nós todas.

Já faz uns meses que tenho ouvido das meninas nos comments e emails que o site está cobrando um valor diferenciado para as clientes brasileiras. Como eu passei um bom tempo sem comprar nada por lá, não pude checar isso. Mas a Thays Xavier percebeu o extra numa compra, e mandou um email pra empresa, perguntando se era algum erro ou se os valores estavam corretos (uma diferença de U$7 numa compra de U$39, já com os 7,5% do desconto de fidelidade).

Abaixo, a resposta do site:

Dear Thays,

Thank you for your e-mail.

Unfortunately, it has been necessary to increase prices in order to cover taxation costs.

We expect in general that our prices remain very competitive and the free shipping plus 5% for 3 or more products and up to 10% off for loyalty are added benefits of shopping with us.

We sincerely apologise for the inconvenience and if you have any further queries, please feel free to contact us again.

Yours sincerely,
Ben Lui
Customer Services

Como diz a Thays no email que mandou pra gente, "finalmente estamos pagando o preço pelos reembolsos". Todas nós.

Agora, bora chupar juntas essa manga. :x



Ps: pra quem não entende inglês (tradução livre, por favor não peguem no meu péééé): Querida Thays, obrigada por seu email. Infelizmente, foi necessário aumentar os preços para que pudéssemos cobrir os custos de taxação. Esperamos que no geral os preços continuem competitivos, e que o envio gratuito, mais os 5% de desconto na compra de 3 produtos ou mais, mais o desconto de fidelidade que pode chegar a 10%, sejam benefícios que tornem atrativas as compras no site. Pedimos desculpas sinceras pelo inconveniente. Para qualquer outra dúvida fique à vontade para nos contactar. Sinceramente seu (hahaha) Atenciosamente, Ben Lui, Atendimento ao Consumidor.

Post ótimo da Clau no Dazzleblog, AQUI.

Que fique claro que não estou defendendo a empresa! Acho que o Morango deveria ter acabado com o reembolso pro Brasil, e não aumentado os preços. Porque aí ficou aquela velha história: o justo pagando pelo pecador. [ditado popular que significa que quem nada fez arca com as consequências de algo que outro fez]

85 comentários

Má,
Concordo plenamente com o que disse. Quem compra, tem que assumir o risco.
Fiz até uma matéria meses atrás (quando o Strawberry ameaçou cobrar taxa de envio) falando quase tudo que você falou:
http://dazzleblog.com.br/?p=1690

É bom ver que não sou só eu que penso dessa maneira.
As pessoas tem que parar com essa mania de querer levar vantagem em tudo.
Lei é lei e foi feita pra ser cummprida.

Bjs

Pois é,

Uma amiga minha que está acostumada a comprar no Morangão comentou comigo que os preços tinham sofrido um bom aumento (é só olhar o preço em US$ e depois em R$ pra ver que a diferença é bem maior que a moeda convertida na maioria dos itens) e que havia enviado e-mail perguntando. A resposta foi exatamente essa, que eles precisaram aumentar o preço pra cobrir o que eles gastam com o reembolso das taxas.

Anyway, também espero que os preços continuem bons mesmo com esse aumento.

Gatans, vcs não precisam aceitar o comentário, mas eu precisei escrever: É foda pagar o pato pelos outros, foda!

Beijos!

Também acho errado isso de pedir reembolso, mas isso foi meio que vacilo do site. Eles vendem pro Brasil e percebem que aqui quase todos os pacotes são taxados, assim eles deveriam restringir a opção de reembolso, não aceintando que fosse pedido em pacotes enviados ao Brasil. Muito mais racional do que aceitar os pedidos de reembolso e depois cobrar taxas extras.

Meninas,souberam de uma provável mudança do local de taxação? Me falaram que antes cada estado fazia a sua fiscalização,aqui na Bahia ninguém nunca havia sido taxado que eu conheça,mas agora cabe só ao Rio,pelo que me parece,fazer tooooda a fiscalização. Sabem se isso procede?
Beijocas.

Clau, adorei o post! Realmente, completou tudo o que eu penso. :)

Iris, tb espero que continue valendo a pena.

Rê, pois é, benhê. Como em tudo na vida.

Carla, também acho isso. Não tô concordando com a atitude do site não, longe disso! Eles tinham que acabar com o reembolso pro BR, e manter os valores, isso seria o mais justo mesmo.

Judy, não sei dizer. O que sei é que meus pacotes sempre chegavam pelo Rio, mas o último veio por Curitiba (e fui taxada em mais de 100% da compra, odeio com todas as minhas forças esse absurdo de imposto).

Eu tb sou contra pedir reembolso, até porque eles ficam no prejuizo. Eu so compro se mesmo com as taxas ainda for interessante.
Eu so nao entendo pq eles nao colocam no site que nao reembolsam as taxas do Brasil. Seria mais facil, e nos que nao pedimos reembolso perderiamos muito menos.

Adorei o post!
Também concordo com vcs. Comprou de fora?? Assuma o risco de pagar imposto.
Mas acho injusto o site querer cobrar da gente, deveriam parar de pagar o reembolso e deu.
A gente paga pelos outros.

Beijãooo

meninas!!!

Acho que o post foi mto bem escrito! PARABENS!!!
Infelizmente pagamos mais caro...

Quando optamos por compras no exterior nós corremos RISCOS que NINGUEM nos obriga a correr.... e outra, imposto não é ilegal! Se for cobrado, tem que pagar e pronto!
Agora, pedir ressarcimento à empresa???
Convenhamos.... daqui a pouco ela não mais oferecerá os serviços de delivery para o Brasil, tamanha é a dor de cabeça!!!!!!!


Affeeee.....

Concordo plenamente com tudo que vc falou. Já comprei no Morango duas vezes e as duas vezes eu fui taxada e não pedi reembolso justamente por isso, porque a gente sabe que tá correndo esse risco. E tava na cara que isso ía virar contra a gente né?!

Só dou graças a Deus que eles não resolveram parar de entregar no Brasil...dos males o menor né?!

Bjs e obrigada por ter linkado o meu blog!!!!

Vivi e Aninha,

Eu compro tanto no Morangão que já tenho os 10% de desconto em minhas compras.

Sempre concordei com vocês quanto ao fato de não pedir reembolso.

Mas, porém, contudo, todavia, acabei de mudar de ideia e pedirei o reembolso da taxa paga na minha última encomenda, que chegou semana passada.

Por quê?

Primeiro porque o fato deles anunciarem que praticam a política do reembolso já é, obviamente, uma política nada boba, já que, com certeza, isso atrai um número muito maior de compradores que sites que não oferecem esse "benefício".

Não sejamos ingênuas de achar que eles amargariam o prejuízo só porque gostam muito de samba, calor e futebol. Nenhuma empresa joga pra perder e se eles oferecem essa benesse com certeza é porque, no final das contas, vale a pena.

Mas, mesmo assim, confesso que tinha dó de pedir o reembolso quando a conversão do dólar para o real era feita certinha. Agora, com essa cobrança a maior, eles já embutiram no preço o valor estimado da cobertura das taxas e, francamente, falar, nesta situação atual, que inexiste obrigação de reembolsar já não me soa tão aceitável.

Tenho certeza que essa postura da empresa se deu em razão do número expressivo de pedidos de ressarcimento da taxa.

Mas, se eles mudaram a política, também mudarei a minha e passarei a pedir o reembolso sem dor na consciência.

Desculpa, morangão. Continuo te amando.

Beijos, meninas. Saudades de vocês.

Poxa,lá vou eu bancar a advogada do capeta, mas na real, claro que isso de sobre taxar as compras no Morangão é pra aumentar a margem de lucro, mas é um tiro no pé. Explico: todo mundo paga, porém nem todo mundo pede reembolso. Fora que se fosse somente para reequilibrar a contabilidade era somente parar de reembolsar imposto, ou pelo menos para encomendas feitas no BR. Seria mais justo com eles que vendem e com quem compra e não pede reembolso e pra quem pede ou se conforma em pagar imposto ou não compra, simples, até porque o Morangão não vende nada de primeira necessidade. Sobre ser tiro no pé, a taxa do Morangão encarece a compra e eles sempre declaram o valor exato, a Receita taxa sobre o valor declarado maior, mais imposto, mais gente pedindo reembolso, menor margem de lucro da empresa que aumenta os preços... e vira um círculo vicioso.
Só pra deixar claro, nada contra o lucro da empresa, ela existe pra isso mesmo, só acho meio burro sobretaxar todo mundo ao invés de retirar o reembolso que só algumas pedem. E alguém pode pedir pra eles pararem de mandar as encomendas com o valor da encomenda em real, sério, é um saco toda vez que chega uma encomenda ter recorrer pra Receita. Não tô pedindo que eles mintam o valor, basta dizer o valor em dolares.
Bjos
Roberta

Nossa, concordo totalmente com vocês!!

Eu nunca pedi reembolso, e infelizmente já fui taxada... eu sempre pondero antes de comprar, calculo mais ou menos o valor do imposto caso eu seja taxada, e se ainda valer a pena compro.

Mas realmente, preferia que eles cancelassem o reembolso, e não aumentassem os preços, pq ai todas nós pagamos, e não as que provicaram essa atitude do Morangão.

Beijos
Laura

é foda!
pagamos todas o pato por algumas lesadas... mas enfim.
Sou TOTALMENTE contra pedir reembolso de taxa!! Postei hoje sobre o pacote do morangão que fui buscar ontem e fui taxada! Se voce olhar lá no blog, foram 27 comentarios dizendo que eu deveria exigir o dinheiro da loja! mas que absuuuuurdo! é por isso que lojas param de vender pro brasil, ou sofrem reajustes absurdos!

por falta de inteligencia de algumas compradoras... ainda tem a audacia de perguntar porque Sephora não vende pro brasil... NUNCA vão vender, do jeito que algumas consumidoras são "despirocadas".

E nessa, pagamos todas juntas.

desculpem o palavreado, é que já estou P** da vida com isso! minhas melhores lojinhas têm aumentado os preços ou parado de vender pro brasil!

Meninas,
tenho autorizaçao pra citar esse post no meu blog?

Ana que bom que vcs puderam avisar outras compradoras compulsivas.
Eu tb achei ruim o aumento dos preços, estou no 13º pedido no morangão e até hoje nunca fui taxada. E toda vez que faço compra lá ou em qualquer compra internacional me preparo pra pagar a taxa, caso aconteça. Nunca aconteceu comigo, porém eu não pediria reembolso, nada contra quem pede (já que eles oferecem).
Tb sempre achei injusto o morangão pagar a nossa conta.

Concordo com vc acho que o preço deveria ser o mesmo e parar de pagar as taxas.
Pelo menos o que eles fizeram é melhor do que radicalizar e para de entregar de vez pro Brasil.

Agora é ver se o produto realmente vale a pena comprar $$$. Os produtos que não vendem no Brasil vale a pena pesquisar.

E mais as chances de ser taxadas continuam as mesmas, pois não existe nenhuma regra seguida pela receita, se eles implicarem com o seu pacote já era, rs.

Bjos

É minha gente, não existe almoço grátis. Em nov/09 eu questionei por email com o Morangão essa diferença na cotação do dolar que o site estava praticando e, em resposta, recebi o mesmíssimo email. Fazer o quê? Respira fundo e entuba. Paciencia...

E sobre compras internacionais, sempre digo que isso é que nem investir na bolsa: "só faça se você dorme tranquilo à noite, senão: esqueça!".

bjs!

Fernanda Beatriz   says 20 de janeiro de 2010 14:53

Má, concordo plenamente com vc e acho q eles não deveriam reembolsar a taxação. Como comentei no chat esses dias, minha encomenda postada dia 07/12 ainda não chegou e nem consigo rastrear!

Estava quase louca pq ela n chegava e mandei um e-mail pra saber o q estava acontecendo. Eles consideraram minha encomenda como perdida e ofereceram reembolso ou reenvio. A encomenda foi reenviada dia 8/01 e eu já consigo rastrear (chegou no Brasil dia 18/01, anteontem).

Caso seja taxada, jamais terei coragem de cobrar o reembolso da taxação e caso o 1º pedido chegue recusarei imediatamente. Eles são bonzinhos d+, n podemos abusar disso!

Oi, meninas...
Entendo perfeitamente o ponto de vista de vocês, mas sou obrigada a discordar...
Quando vocês dizem "Eu sinceramente não entendo por que pedir reembolso pra única empresa que o oferece." a resposta me parece tão óbvia!!!
Ora, pq esse é o diferencial do morangão!
O mercado de vendas pela internet é altamente competitivo... e como fidelizar o cliente num meio desses? Criando atrativos...
Qual o principal diferencial do morangão? Além de vender a preços competitivos, proporciona ao cliente a segurança do reembolso em caso de taxação. Se o reembolso não compensasse mais para o Strawberrynet, o mais coerente seria que eles o deixassem de ofertar.
Quando eu compro em outro site, sim, estou assumindo o risco. Quando compro no morangão, compro com a tranquilidade de que eles o assumem.
É assim que o mercado funciona!
Não erram aqueles que pedem o reembolso. Apenas fazem valer o seu direito de consumidor, se utilizando de um benefício ofertado pela própria empresa.
Eu acho razoável que os preços tenham aumentado para o Brasil em função do grande número de reembolsos solicitados. Mas entendo que o inconveniente é causado pela nossa alfândega e não pelos consumidores brasileiros.
Continuo sonhando com um mercado global sem fronteiras... mas enquanto isso entendo e apoio todos aqueles que pedem reembolso ao morangão.

Beijocas

Oiii tb acho que o morangão não deveria dar reembolso... isso não pode ser levado a eles??
Poderiamos mandar e-mail para o site, para eles baixarem o preço, e cancelar o reembolso... pq é melhor, "pagar as taxas", com o produto em um bom valor, do que ser reembolsado e perder o morangão... Pq isso vai acabar acontecendo, visito muitos blogs, onde as meninas que foram taxadas fikam perguntando como fazer para receber o reembolso!

Nunca comprei no Morangão, mas também acho um absurdo as bonitas pedirem reembolso. Por outro lado, também tá errado a empresa aumentar os preços. Tira a opção de reembolso e pronto!! É muito mais justo.
As meninas que já são clientes podiam mandar mensagens a rodo sugerindo isto.
Bjs, Flavia

Nunca comprei no Morangão, minha unica compra até agora foi na Brigette's Boutique e livre de Tax, demorou mais de 20 dias pra chegar mas sabia do risco que estava correndo.

Também acho q é meio que folga das brasileiras em pedir reembolso sempre, aliás, o frete é grátis!!
Poderiam imaginar o valor da taxa como se fosse o frete, pra não doer tanto no coração hehehe

Acho que deveriamos fazer uma campanha pro pessoal não pedir reembolso sempre e quem sabe, o Morangão sente mais confiança e abaixa os preços um pouquinho.

Beijos!

Isa
www.isacarvalho.wordpress.com

É concordo com você Má, quem compra sabe o que pode acontecer (pelo menos pesquisei antes), e quando demora a chegar as minhas compras me dá aquele medinho. Mas ainda sim é uma alternativa para quem quer comprar produtos importados, agora se pararem de vender ao Brasil, aí lascou-se!
Minhas compras do Morangão acabaram de chegar, não fui taxada!! garota de sorte ;DD Brigada Trendy Twins pelo trio de sombra que veio junto amei *__*

Meninas,
o princípio é correto, mas o raciocínio aqui está muito tortuoso. O erro não é de quem pede o reembolso. Afinal, a opção é oferecida por eles. Se a empresa sentir que não consegue mais sustentar essa politica, deve modificá-la, eliminando a opção. Mas daí a chamar quem pede o reembolso de burro e folgado é um pouco demais.
Concordo que taxação é lei, e estamos todos sujeitos a ela. Mas nada obriga a empresa a oferecer o reembolso. Eles optaram por esse diferencial competitivo, dentre outros que poderiam ter escolhido. Os preços deles são tão bons que, conforme o grau de desejo da consumidora, pagar os 60% (!!!) de imposto de importação sobre o valor do produto nem dói tanto!
PS - Mas cá prá nós, o imposto é abusivo num país em que se sabe que o dinheiro vai parar na cueca e na meia dos políticos, e nunca investido em saneamento básico nem em educação...

Infelizmente, a maior parte dos brasileiros querem levar vantagem em tudo. É vergonhoso, mas é um problema que está enraízado na cultura brazileira.
Me orgulho de não pensar dessa maneira, pena que somos minoria né meninas?

É claro que, mais cedo ou mais tarde, isso acabaria se voltando contra nós.

Lamentável...


Bjsss
Cris

Oi meninas!
Eu sempre compro no Morangão e todas as vezes fui taxada. Como também compro de sites de outros países, pude observar duas coisas:

1. Compras da China/Hong Kong/Países da Ásia sempre são "observados" mais atentamente pela Receita Federal - Quando pacotes com valor declarado acima de $50, claro. Os do eBay nunca fora taxados. Isso não significa que as da CS também não tenham sido. Mas ontem recebi na porta de casa os pincéis da Sigma que ultrapassaram bastante o limite de U$50. O mesmo ocorre com a Eyko. Compro direto e nunca pago as taxas.

2. Sobre as alfândegas do RJ/SP: Também notei que quando passam pelo Rio, a fiscalização é mais branda. NUNCA fui taxada quando as mercadorias vieram por lá. Já São Paulo, cujas cargas descarregam em Guarulhos, não deixa passar nada. Tô com um suuper problema com uma compra da Beauties Factory que ficou presa em SP por conta do peso (juntei as amigas, compramos U$300 e recebemos upgrade pra chegar de UPS, que não demora mais de 4 dias). Contudo, pelo peso, a nossa caixa está presa. Adivinhem: terei que ir em São Paulo buscar. Ou melhor, TENTAR. Se não, além de já ter pago pelas compras que ainda não recebi, terei que comtratar um despachante para fazer todo o procedimento. O que, pelo que já pesquisei, me causará um prejuízo enorme. Era melhor ter comprado das meninas que vendem em real, mesmo. Daria no mesmo.

Conversando com um amigo que trabalha para uma empresa de Hong Kong, descobri que eles preferem pagar mais caro para que a mercadoria siga via Miami ou Los Angeles direto para Manaus ou para o Rio. Nunca, jamais, por São Paulo. No caso deles, o problema é que a demora pela liberação pode levar mais do que o dobro do tempo.

Concordo com vocês. Também sou contra pedir o reembolso. Mas agora já tá feito e o jeito é pagar mais caro, se quisermos fazer compras lá.

Mas sabe o que mais chateia?
Se o serviço dos Correios fosse de primeira, se não atrasasse as entregas, se nada sumisse ou chegasse danificado, eu ficaria calada. O problema é que isso quase nunca acontece, né?

Ahhh, tem coisa que eu comprei em novembro que ainda nem consta no sistema. Fala sério :(

Mas chega de reclamação né, gals

Beijos!

Ai, gente, eu sou da turma da Luiza. E antes que alguém me jogue pedras, não é "lei de gérson" o que me motiva, que eu sou super caxias. Eu cumpro com os meus deveres e não tenho porque me envergonhar de usufruir de um direito, só isso. Quanto ao "quem compra tem que assumir o risco de ser taxada", a questão é que eu só compro com eles por não ter esse risco. Nunca comprei em nenhum outro site internacional. E se não tivesse esse benefício com o Strawberry também não compraria, porque como alguém lembrou, não vendem artigos de 1º necessidade. Não estou lesando a empresa, se eles chegaram a conclusão de que é onerosa essa política, deviam deixar de reembolsar os impostos, é o que seria mais justo e mais óbvio. Agora, culpar outras consumidoras por uma política que os caras inventaram só porque jogaram o jogo deles não parece fazer nenhum sentido pra mim.

Alguém falou de ser injusto "os caras pagarem nossa conta". E eu digo que os caras escolheram assumir esse risco pra terem mais clientes, simples assim.

Pois é, já comprei umas 8 vezes lá, nunca fui taxada (logo, nunca pedi reembolso) e agora pago o pato dos outros... Sempre fui contra esta "facilidade" que o Morangão dava.

Eu acho que se eles oferecem não é nenhuma "safadeza" ou "brasileiragem" pedir reembolso não! Conheço muitas pessoas que só compraram no morango por causa desse diferencial e se a loja aumenta o preço por causa disso não são as clientes que utilizam o serviço que estão prejudicando as clientes, mas sim a própria loja! É ela que não quer perder a clientela e nem os lucros! Se ela acha que está sendo prejudicada eu acho muito mais aceitável que eles acabem com essa política de devolução de taxa e todo mundo fica feliz...

Claro que eu fico com dó de não poder comprar nas lojas mais, ou só poder pagando o frete mais caro, mas eu prefereria muito mais que botassem um aviso no site: "não devolveremos dinheiro de encomendas perdidas, cada um por si" e pronto, ninguém mais chora e se viesse alguém chorar por demora na encomenda a gente mandava pastar!

Este comentário foi removido pelo autor.

Olá, meninas
Também já fui taxada em uma compra de 35 reais, e mesmo com a taxa de importação, saiu mais barato do que comprar o mesmo produto no Brasil.
Não pedi reembolso porque sei que tenho de pagar o imposto, gostando ou não, e acho que é um problema do comprador.
Vejo muita gente optando por comprar de meninas que trazem encomendas de fora do país, sem passar pela receita nem nada.
Gostaria de saber da legalidade destas vendas.

Beijos!
Gabi

Vcs vão me desculpar, mas concordo totalmente com a Luiza ai em cima ...

Se o Morango oferece reembolso, vcs não podem cobrar das consumidoras que não usem esse beneficio.

O grande culpado disso tudo é esse sistema de governo.Nunca vi um país igual a esse que cobra tantos impostos e a gente não vê aonde esse dinheiro é convertido pra população ( o Brasil é um dos países ou se não o país que mais arrecada impostos, e isso é ridiculo diante de tanta precariedade..) então não é justo dizer que se o morango chegar a parar de vender aqui é por causa do grande numero de pedidos de reembolso, porque , se eles oferecem esse beneficio é pq de alguma forma, isso traz lucros pra empresa, do contrario , seria muito simples eles apenas retirariam a opção de reembolso pro Brasil e ponto.

Aumentar os preços dos produtos ,daí sim eu acho um tiro no pé, visto q nós consumidoras sempre temos a liberdade de comprar aonde for mais proveitoso pra gente, então, se os valores do morangão aumentar, o jeito é não comprar mais lá mesmo, pq é assim q acontece no mercado ou não é???

O Morangão não ta fazendo nenhum favor pro Brasil, ou como disseram ai em cima,vcs acham q eles oferecem o reembolso pq adoram o nosso país?? A tá...

Infelizmente, se não for mais lucravel vender pra gente, eles vão parar, mas eu repito q não vai ser culpa das consumidoras q pedem o beneficio q eles oferecem pq qdo eles acharem q nãó esta sendo lucravel eles tiram o reembolso, simples assim...

Achei esse post mais passional do q lógico.

Gente, muito me admira os comentários acima, dizendo que quem pede o reembolso é burro, folgado, desonesto, entre outros adjetivos negativos.

Quem oferece o reembolso é o próprio morangão, e eles até esclarecem que isso é uma prerrogativa deles, não uma obrigação. Então, isso nada mais passa do que um diferencial para fidelizar o cliente.

Eu também acho que aumentar os preços pro Brasil não é uma atitude correta da empresa, mas chegar ao ponto de colocar a culpa no pedido do reembolso no consumidor, sendo que isso é uma proposta da empresa, já é um entendimento muito equivocado.

Eu acho que seria legal fazermos um abaixo assinado pedindo o fim da política do reembolso pro Brasil e a volta dos preços normais, isso sim seria uma atitude madura e democrática.

As críticas (prós e contras) bombando!! Também vou dar pitaco! hahaha

Antes deles cobrarem um valor diferenciado para as brasileiras eu NUNCA pensaria em pedir reembolso. Agora é outra história... Se o valor for acima dos meus cálculos loucos vou pedir (coisa que dificilmente acontece com a pão-dura aqui!!! hahaha).
bjks
Mel

Ana, concordo com o comentário da Luiza, e de mais alguma leitora (poucas, pelo jeito): acho que a lógica aqui está invertida. Se uma empresa oferece, SEM NINGUÉM PEDIR, o benefício de, TALVEZ, pagar os impostos de taxação, devemos condenar quem se beneficiou? Por que? Não é uma liberdade e estratégia de marketing da empresa? Acho que ninguém colocou o revólver na cabeça deles e disse "ofereça reembolso"!

É óbvio que se não dá lucro, eles vão contra-atacar. Mas isto não tem nada a ver com o consumidor que pediu o reembolso; tem a ver com a empresa, e a receita federal do Brasil. Acho muito forte chamar os consumidores que estão usando um benefício que a empresa oferece de lesados, como algumas o fizeram.

E pra falar bem a verdade, o Morangão tem preços bons, mas não são melhores que a Brigette's, por exemplo, ou a ACW. Comparem e vejam. Eles sempre cobraram mais caro! Por que? Por causa desta história de reembolso! Não é de agora!

Arcar com o imposto é um risco que todos corremos; optar pelo reembolso, vai da escolha de cada um, e TEM QUE SER RESPEITADA - afinal, quem oferece é a empresa. Dizer que aumentou o preço por causa das taxações é muita cara de pau da empresa.

Meninas, tô tentando postar esse comment há mais de 3 horas, o blogger não tá colaborando hoje.

Vou responder coletivamente:

Na minha modesta opinião, que pra pouca coisa vale, acho que o grande problema do mundo é que poucas pessoas pensam em termos de coletividade, é sempre “o meu pirão primeiro”.

Não é só contra pedir reembolso que eu sou contra, não. Sou contra furar fila, roubar no troco, e, principalmente, contra a idéia de que cada pessoa saia de casa em seu próprio carro – pra depois ficar reclamando do trânsito.

Bom, o site oferece essa opção sim, mas, como disse no post, duvido que essa opção tenha sido criada especialmente para as brasileiras. Não sei de outro país no mundo tão insuportável em relação a impostos quanto o nosso. A opção tá lá, mas não acredito que a intenção seja cobrir os buracos que o nosso próprio governo faz no nosso bolso.

O que sei é que adoro de vez em quando poder comprar uma coisinha mais barata, ou que nem exista no Brasil, sem frete, com desconto de fidelidade (10% após 394827484938 compras). E o que sei também é que detesto a idéia de que um dia possa deixar de ter essa oportunidade.

Por que o Morangão deixaria de entregar se tem lucro? Bom, claro que eles devem ter, mas eu não sei quanto é, nem o bruto do que eles vendem pra cá, nem o que eles perdem com essa política brasileira, então não posso dar testemunho de nada nesse sentido. Só posso imaginar que a grana seja boa, e que seria maior ainda sem ter que cobrir gastos causados pela política praticada por aqui.

Sou a favor de pagar impostos? Não ESSES impostos! Acho que é muito o que se pede, e quando penso pra onde essa grana toda escorre, dá vontade de matar uns 15 políticos, de uma vez só. Mas é a lei que nos oprime, e é essa lei que precisamos seguir. Problema nosso, não de um site de Hong Kong.

Se o Morango chegar pra mim e disser, “quéri, fica sussa. Vamos retirar essa cobrança extra, e vocês podem pedir todo o reembolso do mundo, que nós nunca vamos deixar de enviar pro Brasil”, ótimo. Serei a primeira a pedir reembolso.

Mas não é assim, e não pensem que só defendo o não reembolso porque nunca havia sido taxada por compra do Morango. Eu sou extremamente cuidadosa com minhas compras no exterior, procuro ficar sempre abaixo do limite dos cinqüenta dólares (mesmo que isso não valha muito numa situação de compra), peço sempre um pacote de cada vez, enfim, ou extremamente low profile. Com isso, pretendo dar munição pra sorte, e torço pra não ser taxada dessa forma. Quando fui pela Benefit, paguei, e nunca mais comprei lá. Agora fui pelo Morango, e pretendo continuar comprando porque o envio é gratuito, e os produtos são muito mais baratos do que eu encontraria em outro lugar – o que não aconteceu com a Benefit, pois paguei pelo frete, pelos produtos (caros), e depois pela taxa em cima da soma dos dois.

Pedir que a receita reveja a cobrança é uma coisa, e temos direito a isso. Agora, pedir reembolso “só pq pode”, pra mim, é leviano. Porque existe um motivo pros outros não fazerem isso: não é bom pra empresa. Duvido que o Morango continue com isso muito tempo. Até pelos motivos que a Roberta expôs em seu comentário: manter reembolso pra umas e cobrar extra de todas, isso a médio prazo é um tiro no pé.

Enfim, é apenas uma opinião. Não tenho nada contra quem pede reembolso, apenas contra essa atitude – e isso são duas coisas diferentes.

beijinhos

Oh GENTE SÉRIO?! Sabe qual é o pior problema disso tudo? N e a taxação, n é gente 'boa' pagar pelos 'pecadores', e o 'querido morangão' passar a perna nos brasileiros assim, DESCARADAMENTE!! Gente, pq os pacotes deles sao preferidos da fiscalização?????? Pq os bonitos n declaram nada...até qdo eu comprava - depois descobrir meu erro - observei q eles nao declaram NADICA dos preços...ou seja, ELES n pagam impostos, ou se pagam, os pagam na forma mais economica possível..agora nós...Ora pais corrupto é assim!! Se eles quisessem realmente resolver o problema, bastava declarar um valor razoavel...lembro me das minhas compras( n sei se mudou, hein, falo do passado)...so vinha um papel dizendo o que pedi..mas nada de preço! O q a fiscalização do brasil faz? O justo! Cobra o preço de mercado! Olha la, errado sao eles...nao todas nos! E na melhor das hipoteses, se n concordam c q observei acima, uma coisa é certa, O RISCO E DA EMPRESA TB, se n quisessem podiam parar, como a Everyday minerals..mas, APARETEMENTE ainda é vantajoso. P mim, é conversa fiada..viu! Helen

Concordo em número, gênero e grau...

Não tô entendendo os comentários de quem é a favor do reembolso.

Amigas, não tô condenando ninguém. A opinião, passional ou whatever, é minha, e tenho tanto direito a ela quanto vocês têm de pedir reembolso enquanto o site continue com essa política.

Não estou atacando ninguém pessoalmente.

Cruzes!

Ana, você pode não estar atacando ninguém. mas tem um monte de gente achando que se valer de um benefício oferecido voluntariamente é desonesto...

Ao fazer uma compras grandes no Morango sugeri, na parte das observações, que eles mandassem em 2 ou 3 pacotes diferentes para evitar a cobrança da taxa. Eles fizeram? Não. Mandaram na caixona. Batata, fui taxada.

Eu me ofendo com os comentários porque tenho muito senso de coletividade. Não desperdiço água, uso transporte público por escolha e não por necessidade (e vivo mandando cartinhas pra empresa cobrando melhoras no serviço) e não invento recibo médico frio pra sonegar imposto. Mas eu definitivamente não me sinto responsável pelas decisões estratégicas de uma empresa privada. Não acho que estou prejudicando ninguém.

Concordo, nao é nada pessoal!!

Mas, sinceramente, o problema n é do Brasil!!
Os impostos servem p proteger a industria nacional...
Obvio q o pessoal la do oriente consegue makes a preço de banana...
E o dinheiro dos impostos p onde vai? Perguntam-se mtas...
Ora ai e OUTRO problema..imposto pago q n é destinado ao q previamente o originou tb e corrupção..
Então, abro uma nova indagação...o problema sao os nossos representantes, alias, eleitos por nós mesmas!!..
Sera q pensamos nesses pequenos detalhes qdo da eleição?
Tenho la minhas dúvidas..
Sinceramente?
Na minha humilde opinião, diria, deixem de comprar la...
Tirando as promoções, o preço e alto e tem outros sites tao bons qto! - c algumas citaram acima!
Sites serios, param de vender, e n 'repassam' o risco do empreendimento p o cliente!
Ao optarem por vendas internacionais, certamente a empresa ja previu a chance de serem taxados, em diversos paises, alias.
E isso certamente é imbutido no preço dos produtos!!
Imagina q eles iriam 'dar ponto sem nó'!!
O q penso é q tudo isso merece uma reflexão seria...
Boa sorte a tdas e parabens ao site pelo post mto útil!!
Helen

Engraçado... Dentre todos os comentários, apenas uns dois ou três são favoráveis ao reembolso. Porém, se o rombo no Strawberry tá tão grande, imagino que muita gente aí não está mostrando sua verdadeira cara.

Eu já pedi reembolso sim, várias vezes. E não me envergonho disso, afinal é algo oferecido pela empresa e, considerando-se o seu tamanho e a quantidade de produtos oferecidos, certamente seu lucro deve cobrir esses custos. Ora, o Morangão que fizesse as contas antes de oferecer esse tipo de coisa. Não quero tirar o meu da reta, mas se esse é o diferencial da empresa, e está à nossa escolha, posso sim usufruir sem peso na consciência.

Agora, se o Strawberry eliminasse a possibilidade do reembolso e mantivesse os preços, eu continuaria comprando numa boa. A escolha errada está sendo feita por eles, e não pelas meninas que ainda pedem os estornos.

Outro ponto, MAIS IMPORTANTE: das últimas solicitações de reembolso que enviei, não recebi nada. Ou seja, não sei se as outras meninas que pediram receberam os devidos estornos, mas no meu caso, além de os valores dos produtos terem aumentado, os reembolsos também não estão acontecendo.

má, me desculpe, mas, a partir do momento em que vc compara quem pede reembolso com quem fura fila e rouba no troco (suas próprias palavras), vc chama a todos que pedem reembolso de pilantras.

adoro o blog justamente por expôr a opinião pessoal das autoras, mas acho que esse post foi infeliz.

Priscila, ou talvez, assim, apenas TALVEZ, por ter uma opinião diferente da minha, vc tenha interpretado o que eu disse meio ao pé da letra demais.

beijo

Concordo totalmente com o post. E tb com o post do blog da Clau. Fiz poucas compras internacionais, mas em todas elas fiz as contas antes. Acrescentando sempre o valor dos impostos para ver se realmente valia a pena comprar. Acredito q qnd se faz uma compra internacional deve-se conhecer os riscos que se corre e estar disposta a arcar com eles. Fiquei arrasada qnd soube dos valores diferenciados para quem é do Brasil no morangão(recebi essa mesma msg da Thays qnd os indaguei), inclusive fui uma das q mandou email para as twins falando sobre isso. Mas fazer o q né...
Bjs

Meninas,
Também fui taxada em mais de 100% na minha última compra no Morangão, compro com eles com uma certa frequencia e isso nunca tinha acontecido mas meu pacote também passou por Curitiba e me ferrei.Apesar da taxinha salgada que tive que pagar pra receita não pretendo pedir reembolso, nada contra quem pede mas como varias meninas disseram quem compra em sites internacionais corre esse risco azar o meu de ter sido taxada. Pretendo continuar fazendo minhas comprinhas no Morangão porque acho que ainda ta valendo a pena mesmo com o aumento dos preços por conta dos reembolsos e o risco de ser taxada só não sei se vou continuar a comprar com as mesma frequencia.
Isabel

Meninas,
Minha intenção ao mandar o email para as Twins foi alertar para o aumento dos produtos.
Acho que muitas aqui não sabiam que isso havia ocorrido.
Sempre recebo os emails do morangão com as promoções, mas o aumento de preço eles não divulgaram e principalmente que essa diferenciação foi exclusivamente para as brasileiras.
Como eu disse no meu 1º comentário EU não pediria reembolso, já faço a conta com a taxa incluída pra ver se vale a pena comprar o produto, mas tb não tenho nada contra quem pede (já que eles estão oferecendo, faz parte da política deles).
Mas que de FATO o preço aumentou por causa dos reembolsos, não tem como contestar, assim está no email que eles me enviaram.
Eu preferia comprar e pagar o mesmo preço que se paga em qualquer lugar do mundo, e a taxa em cima desse valor. (minha opinião)
Agora é ver o que vale a pena comprar e rezar pra não ser taxada. Pois aumentar o preço não diminui em nada as chances disso acontecer!
Bjos

Meninas, realmente non me gusta mucho pagar a mais, na verdade nunca comprei no morangão porque tenho meda, muito meda, mas cobrarem a mais por um negocio que eles mesmo ofecerem é a coisa mais estúpida que eu já vi. então pára de devolver a grana, oras! E pronto!
Agora, se eles devolvem o imposto, porque não pedir?
Vou dar um exemplo de porque não acho isso errado: sabiam que o direito de trocar a roupa porque a gente não gosta, na loja (ou porque comprou o tamanho/cor errados), NÃO é garantido pelo Código do Consumidor? E a gente não faz isso direto? é uma liberalidade da loja, tanto é que cada loja fixa o prazo que quiser - 10, 20, 30 dias. o CDC, no Brasil, só garante o direito de troca em caso de defeito....
então, não acho que é se aproveitar, se oferecem o reembolso. é um risco do negócio, eles são empresários, e não a Madre Teresa de Calcuta, não estão fazendo caridade, e esse custo certamente entra nas contas deles. Fazem isso para fidelizar o cliente, como já disseram - não li todos os comments, me desculpem se eu estiver chovendo no molhado.
bjs

Olha, ainda ñ tive oportunidade ($$) de comprar nada no Morangão...

Tb não acho que nenhuma das partes -- "contra" ou "a favor" -- queiram criar animosidades em um lugar tão bacana como este blog.

Penso que, desde sua criação, o Morangão visou,única e exclusivamente, lucro.

Errado isso?Não - quem já teve uma aulinha básica de administração sabe que Empresa existe SOMENTE para dar lucro e, se não dá, fecha.

Então, podem ficar bem tranquilinhas: se o Morangão se dispunha a pagar reembolso, é pq, de certo, isso não fazia a menor diferença nos luvros da empresa.Afinal, somemos as compras ñ taxadas às compras q não solicitam reembolso e teremos uma porcentagem bem grande do total de compras....

Errada quem pede reembolso?Creio que não, pois apenas usufrui um benefício que o site oferece.

Errado o site que aumenta o preço? Tb não, o serviço é deles, infelizmente usufruirão (sempre!)do direito de estabelecer o preço -- assim como nós não hesitaríamos 1 segundo em mudar para um site de compras que nos fizesse economizar 1 centavo. Lei de mercado!

Acho super saudável discutirmos -- olhem qtas informações novas apareceram nesta conversa! Super-mega-úteis!

Cada uma de nós traz visões que nos parecem mais justas, corretas,viáveis....sei lá.

Só sei que se os "donos" do Morangão pudessem ler tudo isso,ririam de nós todas -- as "contra" e as "a favor"....

Um beijo a todas, vamos ajudar a manter o clima ótimo e de mto aprendizado que este blog sempre primou! A vida é mais genthy!

Gabriela

PS: também acho que não se compara furar a fila e roubar no troco com pedir o reembolso. E, na boa, eu deixo meu carro em casa, eu reciclo meu lixo, eu faço trabalho voluntário, etc. Não é que estamos 'lesando a coletividade' ao pedir o reembolso, caramba, são cosméticos, não estamos falando de água, de poluição, estamos falando de coisas superfluas. Eu pediria o reembolso com certeza se comprasse lá e fosse taxada. Assim como eu troco a roupa na loja quando me arrependo da compra. Será que as lojas não colocam isso na conta quando fazem o orçamento? CLaro que colocam? Gente, a gente paga por tudo, nada é de graça. Nada. AGora, se vão aumentar o preço para as brasileiras por causa de uma política que a própria empresa criou, eu acho que deviam parar de dar o reembolso e cobrar o mesmo preço de todo mundo.

Desculpa, discordo mil vezes. Cem mil vezes.

Ninguém pediu pra eles oferecerem o reembolso, certo? Quem pede NÃO está errada, não é malandra. Eles OFERECERAM o benefício com o intuito de fidelizar a clientela, aposto meu mingau. Tenho certeza que não saem perdendo reembolsando as consumidoras brasileiras. Vejamos uma analogia: a empresa que eu trabalho tem sede em Pindamonhangaba, o que me faz ter que viver na roça. Por que a sede é aqui? Porque a prefeitura ofereceu isenção total do IPTU dos imóveis e terrenos da empresa. A cobrança de IPTU é a regra, certo? A Prefeitura optou por oferecer essa gracinha pra empresa. Garanto que não saíram perdendo, já que a empresa gera empregos e injeta grana na cidade.

Se o Strawberry opta por nos reembolsar, é porque ainda assim eles têm lucros nas vendas ao Brasil, é um bom negócio pra eles. Garanto MESMO que se ele tivessem algum prejuízo nessas, correriam parar de vender aqui, como a saudosa e eterna no meu coração EDM. Chinês gosta muito de dinheiro, mais que judeu (me perdoem as chinesas, judias e chinesas judias - eu sou advogada e gosto mais de dinheiro que chinês e judeu junto).

Se eles subiram o preço pro Brasil, quem se sentiu lesada tem que reclamar PRA ELES. Não responsabilizar a coleguinha que simplesmente aceitou um benefício que foi OFERECIDO. A manga tava lá inteirinha pra todo mundo, algumas quiseram chupar, outras não... tenho culpa pelas que recusaram?

Olha, ainda ñ tive oportunidade ($$) de comprar nada no Morangão...

Tb não acho que nenhuma das partes -- "contra" ou "a favor" -- queiram criar animosidades em um lugar tão bacana como este blog.

Penso que, desde sua criação, o Morangão visou,única e exclusivamente, lucro.

Errado isso?Não - quem já teve uma aulinha básica de administração sabe que Empresa existe SOMENTE para dar lucro e, se não dá, fecha.

Então, podem ficar bem tranquilinhas: se o Morangão se dispunha a pagar reembolso, é pq, de certo, isso não fazia a menor diferença nos luvros da empresa.Afinal, somemos as compras ñ taxadas às compras q não solicitam reembolso e teremos uma porcentagem bem grande do total de compras....

Errada quem pede reembolso?Creio que não, pois apenas usufrui um benefício que o site oferece.

Errado o site que aumenta o preço? Tb não, o serviço é deles, infelizmente usufruirão (sempre!)do direito de estabelecer o preço -- assim como nós não hesitaríamos 1 segundo em mudar para um site de compras que nos fizesse economizar 1 centavo. Lei de mercado!

Acho super saudável discutirmos -- olhem qtas informações novas apareceram nesta conversa! Super-mega-úteis!

Cada uma de nós traz visões que nos parecem mais justas, corretas,viáveis....sei lá.

Só sei que se os "donos" do Morangão pudessem ler tudo isso,ririam de nós todas -- as "contra" e as "a favor"....

Um beijo a todas, vamos ajudar a manter o clima ótimo e de mto aprendizado que este blog sempre primou! A vida é mais genthy!

Gabriela

Eu prefereria que eles parassem com o reembolso e não aumentassem os preços. Mas como eles já aumentaram os preços pra cobrir as taxas, eu não vejo problema nenhum em pedir o reembolso. É um serviço que eles oferecem, e que pelo jeito não está dando prejuízo, pois os produtos estão bem mais caros do que costumavam ser. E eu duvido que daqui em diante eles vão abaixar os preços novamente, mesmo que parem com os reembolsos.

E concordo totalmente com o que a Renata R. disse. Com certeza eles não estão no prejuízo, se eles oferecem isso e já embutiram o valor da taxa nos produtos, é pq continua valendo a pena vender pro Brasil.

Tem muita fulana aí falando q nunca foi taxada e se fosse não pediria reembolso... aham, deixa doer no seu bolso pra ver se a história não muda de figura!!!! Essas q compram várias vezes e não são taxadas claro q acham absurdo ter q pagar 7,5% a mais, mas quem é sempre taxada até q vale a pena pagar esse valor... Se for pra falar de quem está certo e quem está errado (como a tia que gasta água)Erradas estão todas: quem pede e quem não pede, pq todas estão cometendo descaminho (crime contra a ordem tributária), isso sim é antipatriótico, pior do que lesar uma empresa internacional é lesar as empresas daqui - que pagam impostos altíssimos de importação! Então, é o caso do sujo falando do mal lavado...

Gente, que espécie de blogueira é essa que chama suas leitoras de "lesadas" por dizerem que ela deveria pedir reembolso?

Sinceramente, eu achei isso muita falta de respeito!!!
Ja comprei varias vezes e pedi sim reembolso!

Ana, a opinião é sua, mas também posso discordar neh?

Fico indignada com quem se acha a dona da verdade, nem me refiro a autora do post que simplemente colocou a opinião.

Vamos ouvir o lado de quem pede reembolso, dá para entender e todo mundo tentar chegar em uma conclusão sem precisar de ofensas?

"Lesada", "espertinhas", ofensas gratuítas.

Eu só comprei no Morangão, minha primeira compra internacional de cosméticos por causa do reembolso.

Pelo que li não fui a primeira, não fui a única que se sentiu atraída pelo site por causa disto.

Quando comprei em outros sites, depois de comprar um monte de vezes no Morangão pensei mil vezes nas possíveis taxações (e desisti algumas vezes antes da compra).

O benefício da loja atraiu muitas brasileiras, inclusive eu. Se o tal benefício não foi apenas para nós e, sim para mocinhas de outros países, se o tal benefício a longo prazo poderia nos lesar (por sermos o país dos impostos) de alguma forma é algo a se pensar e discutir... Frequento a blogosfera cosmética há uns sete meses e só depois de muito tempo é que comecei a saber (e formar opinião) sobre o lado de um dia eles desistirem de nos vender.

Mas, se eles fizerem isto, a culpa não é de quem pediu o reembolso, a culpa é de quem ofereceu - claro, se o motivo for este. A partir do momento que deixaram de lucrar por causa do aumento de pedidos de reembolsos, deixou de ser um negócio vantajoso e a loja adotou outra postura - sem consultar suas "fiéis" consumidoras. Tacou logo a taxa e a culpa (na opinião de algumas recai nas "lesadas")! Mas, já lucraram muito com nossas compras, senão teriam tirado o tal benefício ou começado com esta de cobrança de taxas a muito mais tempo!

Lembrando que nas vendas há uma relação comercial, não é doação, não é favor. O diferencial da loja era exatamente este - o reembolso. Preço "camarada" e produtos indisponíveis no Brasil existe em muitas outras lojas.

Pelo que vejo muita gente confunde as solicitações de reembolso com reclamações gratuítas pela demora e por extravio. Creio que isto sim poderia ser melhor divulgado e, pelo que entendi, a tal da "Mineral não sei o quê", não parou de vender por pedido de reembolso de taxas, mas sim por pedido de reembolso de extravio de encomendas.

Não são obrigados a fazerem isto, pois a culpa não é da loja, a culpa é do nosso sistema de correspondência, mas isto é OUTRO assunto.

Vim aqui através de um desabafo de outro blog, pois também me senti ofendida gratuitamente por algumas leitoras/blogueiras, mesmo sem eu ter comentado antes aqui, por também ser de opinião diferente. Educação e respeito é bom e todo mundo gosta, ser chamada de lesada por aceitar um benefício oferecido antes da compra não pode ser considerado de forma alguma "malandragem".

Que tal um acordo, como até citei acima, e outras antes de mim sugeriram de forma mais específica como um abaixo assinado, depois da ponderação de todo mundo? Será que vale a pena arriscar um pedido de não cobrarem a taxa exclusiva do Brasil e retirarem o reembolso da tarifação (o que com certeza levou muitas brasileiras ao Morangão, não apenas preços baixos, já que incluí meu exemplo de deixar de comprar em outros lugares - que também tem preços competitivos - quando ponderei o risco)?

Acho que devemos todas pesar os prós e contras. Afinal muitas disseram, até então sempre foi vantajoso para eles. Hoje não é mais e, se gostamos tanto assim do Morangão e estamos chateadas com a taxa exclusiva para o Brasil, cabe informá-los sim, da decisão do que pensa a maioria. Mas, com respeito e educação.

Beijos!

Olha, quem disse ai acima q o pessoal do Morangão iria rir se le-se nossos comentários é q tá c razão!
P eles tá tb bom, td bem...
E a gente aqui...nesse stress.
rssss
Helen

Meninas,
Vcs estão muito eludidas com o Morangão. Por exemplo, eu tive que comprar aqui um vidro de brilhantina líquida por USD $ 25,00, cujo preço na maior parte dos países não sobrepassa os USD $3,00, mas foi o único lugar que vendia online. De um valor de USD $ 25,00 com taxa do dolar no dia da compra de R$ 1,73 reais, tive que pagar um total de R$ 65,00 reais para cobrir taxas. Isso representa 50% do valor da minha compra. Então esta empresa não é tão nobre nem boazinha. É altamente lucrativo isso sim!!!.

Meninas, o post taí, quem é contra já se segurou em detalhes do que eu disse (coisas que nada tinham a ver com o ponto central do post) pra dizer o quanto minha opinião é passional, e infeliz, e equivocada, e mais alguma coisa que eu não lembro, porque tem hora que ler a má interpretação do que se disse cansa e eu parei mesmo de prestar atenção.

Eu nunca ataquei ninguém pessoalmente, o que eu disse foi que acho um erro essa política de reembolso, e acho mesmo, por um motivo simples: muita gente pede, e como aqui muita gente é taxada, eu tinha certeza de que uma hora ou outra esse "favor" ia reverter contra as compradoras. E foi o que aconteceu: eu, que nunca peço reembolso, se quiser comprar terei de pagar mais caro por causa de quem pede. Não falei nenhuma mentira, nem xinguei a mãe de ninguém com isso. Fato.

Não acho que o site vai parar de entregar no Brasil amanhã por causa das que pedem reembolso. O que eu disse foi que existe o risco da empresa parar de entregar no Brasil, assim como já o fizeram.

Quem quiser comentar contra ou a favor, faça-o, mas com educação. E ninguém precisa levar isso pro lado pessoal, pelamor! Então vamos maneirar aí nos comentários, porque eu não vou permitir guerrinha pessoal. Uma coisa é atacar a idéia, outra diferente é partir pro boca a boca.

Ninguém é obrigado a pensar como eu, só gostaria que compreendessem que tenho direito a ter uma opinião dentro do meu blog - e essa opinião às vezes será igual a de umas, às vezes será igual a de outras, porque é impossível agradar a gregos e a troianos, e eu não vou evitar assuntos polêmicos só pra pagar de miguxa do mundo.

Ninguém precisa "ficar de mal" comigo por causa disso, mas se quiserem, ok, é um direito que vcs têm tb.

Pra terminar, infos que recebi da Renata Kelly por email:

(i) O Morangão coloca o valor do produto na declaração da alfândega, sim. É aquele papelzinho verde que vem colado do lado de fora da caixa. A nota que vem dentro (sem os valores) não tem nada a ver com a declaração da alfândega. E quanto a resolver o problema se o Morangão colocar um “valor razoável” na nota, não creio que seja a solução, pois até onde eu sei o Morangão sempre declara o valor correto do produto (no tal papelzinho verde do lado de fora da caixa). Às vezes já convertido para R$ e outras ainda em dólar, mas sempre o valor correto. Nesse ponto, nunca vi Morangão declarar nada de forma irregular, pelo menos comigo jamais aconteceu. Contudo, se na fiscalização do pacote, a receita entender que aquele valor declarado não corresponde ao vlr de mercado daquele produto, aí pode arbitrar um valor e aplicar os 60% em cima. Mas isso poderia ocorrer com qualquer loja (não entendi muito bem porque o Morangão teria culpa disso). Enfim, não creio que seja esse o motivo das taxações desenfreadas.

(ii) Sobre o Morangão não pagar imposto, acho que rolou uma confusão geral. Morangão nem tem CNPJ e, obviamente, não está sujeito à lei (nem à tributação) brasileira. Se lá em HK ele não paga imposto aí é outra conversa e não temos como saber. De qualquer forma, o Morangão não deve imposto algum pra receita federal BRASILEIRA. No máximo o Morangão vai dever pra de HK, mas isso não tem nada a ver com a gente. Quem deve o imposto de importação no Brasil somos nós (as efetivas importadoras/destinatárias do produto).

Bem, penso que a Ana, por ser a dona do blog, pode expressar a sua opinião da forma que ela desejar. Concordar ou não é uma opção de cada um! Sinceramente eu não concordo com a Ana, mas respeito o seu modo se pensar! E é assim que pessoas educadas se portam em comunidades! Por favor, né gente, sem adjetivos e qualificações desnecessárias!

Me desculpe, mas eu não concordo com vcs. Ninguém obrigou eles a daram o reembolso, essa é uma opção que eles deram e um risco que eles assumiram. Aposto que se não fosse vantagem para eles, eles não teriam colocado essa opção, pq nenhuma empresa faz caridade.
Eles sabem tb que essa opção atrai muito cliente para eles, a internet é muito competitiva e essa é a forma que eles encontraram para sobressair. Ficar com peso na conciência por causa de uma empresa que (assim com toda empresa) só pensa no lucro, não é coisa para mim, eu quero encontrar a melhor opção de compra e o melhor preço, pq eu sei o quanto eu lutei para poder comprar cada dollar de produto importado

Se eles estão dispostos a me oferecer o produto por esse preço, nessa condição, eu estou disposta a comprar por eles. Um absurdo é eles quererem nos responsabilizar por uma decisão tomada unicamente por eles.

Eu acho o seguinte:
Se a loja botou o reembolso como opção, tem que arcar. Se não aguenta arcar, tira a promoção. Injustiça que todo mundo pague o pato, lógico (patológico?). Mas tem que arcar, tem que se garantir. Porque é uma estratégia que gera um superdiferencial de mercado e rouba (sim, rouba, é capitalismo selvagem) clientes de outras lojas. Oferecer uma vantagem inédita no setor de compras internacionais tem consequências no mercado e não acho que a gente tem que ser solidária com isso não, porque não estão fazendo favor nenhum, não são amiguinhos nem querem me dar amor: querem me vender o máximo possível e querem que eu seja fiel a eles e não compre na concorrência. É claro que a gente acaba sentindo um amorzinho por um site tão fofo, com ofertas incríveis, descontos progressivos e promessas de tax free!! É o paraíso! Então é isso: vendeu o paraíso, eu quero o paraíso.
Beijíolos!!!
Marília L oschi

Natalia Oliveira   says 21 de janeiro de 2010 23:50

Desculpa mas não dá pra concordar!
Esse raciocício vai de encontro a toda uma (difícil) evolução do direito do consumidor, de conscientização das pessoas (principalmente dos brasileiros) sobre a importância de lutar por seus direitos e não se deixarem oprimir pelo lado "mais forte".
Me explica o que tem de absurdo pleitear um direito???
Sinceramente eu acho que está havendo uma inversão de valores.
Não tem lógica julgar como "absurdo" o fato de as pessoas exercerem seus direitos, para no fim, a justificativa ser "porque agora eu vou pagar mais". Se ainda fosse uma justificativa coletiva, de um bem social, sei lá.. mas é única e exclusivamente pensando em si mesma! Então se é cada um por si, quem estaria mais errada nessa disputa??? Estranho, muito estranho.
Então, seguindo esse raciocínio vamos a uma situação hipotética: no dia que sua operadora de celular te oferecer um desconto, não aceita não. Porque imagina se todos os clientes aceitarem... no final a empresa vai acabar aumentando os valores das tarifas ou do preço da ligação pra compensar e aí eu vou ter que pagar o seu pato!
Entende como não faz sentido esse raciocínio???
Desculpa se em alguns pontos pareço agressiva ou enfática demais, mas como advogada não desceu ler esse post e não me manifestar.. entalou, sabe?
Só pra finalizar meu mini (haha) pitaco:
Como você disse, o Strawberry é uma empresa e age como tal. Ela sabe o que pode e o que não pode oferecer para conquistar sua clientela. E mais, ofereceu, tem que cumprir!
Quanto a nós, consumidoras, se ficamos insatisfeitas com o aumento do preço, façamos reclamações, passeatas, motins (haha), mas NUNCA, NUNCA MESMO neguemos o direito a quem o detém!
Você está sacrificando o lado mais fraco dessa história..
beijos
Natalia

Não consegui ler todos os comentários, mas a grande maioria dos que eu li tem as mesmas opiniões que eu.
É muito melhor que eles não façam essa conversão absurda e parem de reembolsar os impostos do que nos cobrar os impostos mesmo que não seja necessário. Mas, já mandei um e-mail para eles com essa sugestão e nunca obtive resposta, o que me faz acreditar que eles estão lucrando muito mais com essa política.
E, pelo que tenho lido na internet, após esse aumento de preço, praticamente todas as compras tem sido taxadas. Acho que a receita percebeu isto e resolveu se beneficiar também.
Ainda não fui taxada em nenhuma compra internacional, mas também faço essas contas ao comprar e, com certeza, se vier a ser taxada pelo Morangão não vou ficar com nenhuma pena de pedir o reembolso, já que estou pagando mais caro para ter esse direito.
Beijos,
Patrícia

Meninas,

confesso que não li todos os comentários, então, se alguém já tiver perguntado ou respondido isso, sorry...

Mudando um pouco, sem sair do assunto, alguma de vocês fez compra no Morangão próximo ao Natal e ainda não recebeu a encomenda?

Fiz uma comprinha no dia 18/12 e até agora nada...

Até pensei na hipótese de ter ficado preso na Alfândega, mas pelo que vi por aqui, neste caso eles avisam para que paguemos os impostos...

Ou seja, minha única esperança é que vocês saibam de casos como o meu, de pedidos atrasadíssimos.

Obrigada pela atenção,

Bjoca,
Rachel

BEM FEITO P/ QUEM NÃO PEDIU.

Meninas, vcs lembram que os donos da Daslu estão presos ou em liberdade condicional?. Eliana Tranchesi pegou 94 anos de cadeia, motivo? não pagar impostos dos produtos importados, declarar nas notas valores diferentes dos valores reais dos produtos, com isso os impostos pagos eram baixos.
relembre o caso pelo endereço abaixo.
http://noticias.uol.com.br/cotidiano/2009/03/26/ult5772u3388.jhtm

O que vcs querem fazer?
Não pagar os impostos, pedir pro morangão declarar um valor inferior na nota, para caso serem taxadas pagarem valores menores.
sacaram o que vcs estão fazendo? é igual não é?
meninas engulam, o imposto deve ser pago sempre, quem não foi taxado não é criminoso porque o dever da receita era taxar, não fizeram azar o deles.
Eu comprei uma palette de sombras e blush no valor de 76,00 reais e a receita me tomou 45,60 reais, odiei, chamei de filhos da puta, mas enfim, foram exatamente os 60% que eu sabia que teria de pagar, fazer o quê?
Agora é injusto pagar esse imposto? Não, porque no meu caso, estou tirando 76,00 reais da economia do meu país e fortalecendo Hong Kong sacaram?
È isso, quem tem dinheiro pra injetar em Hong Kong tem de aguentar receita brasileira né? È o preço da vaidade.

Update: esqueci de comentar que o Morangão ja banca os fretes, com direito a rastreio e tudo. Muitos site aí que nós compramos não faz isso né?

Aí temos de pagar frete e taxação.Nestes a maioria das compradoras opta pela forma de envio mais barata, aquela que nao dá pra rastrear, e nessa muita gente já perdeu as encomendas e o dinheiro pro além.

Viva Santo Morangão.

Oi, alguem pode me dar uma dica como devo fazer para entrar em contato com a strawberry, fiz meu quinto pedido e os ultimos dois cobraram tarifas enormes, como faço para eu ter o reembolso, não consigo falar nos telefones, nem mandar email sempre da erro. Me ajudem por favor.

Para RACHEL:

Rachel, fiz compras antes do Natal em várias lojas internacionais (mais de 5) e o primeiro pedido chegou em 24 de janeiro, os outros ainda estão passeando... deve ter muita gente da Receita Federal de férias!

Comprei algumas vezes no morangão, umas fui taxada em outras não, nunca pedi reembolso pq PRA MIM o preço bom e frete gratis já me atrai e ser taxado é algo 'comum'... Mas não vejo mal em quem pede o reembolso já que a empresa oferece, só espero q eles nunca parem de vender pro Brasil e não aumentem mais os preços hehe

Alguém comentou que as vezes as taxas são de mais de 60%.. É direito seu pedir reavaliação da Receita Federal.. é só pedir um formulario na agencia dos correios e prencher à mão como se fosse uma carta 'ao fiscal da receita' e anexar um comprovante de pagamento, por exemplo, o e-mail enviado pela loja com a confirmação da compra e/ou e-mail do paypal (se for pelo paypal). As vezes tem que ser meio insistente ao pedir esse formulario, pq muitas vezes os funcionarios não sabem que ele existe, mas o gerente sabe...rs A única coisa ruim é que demora mais uns 15 a 20 dias pra voltar com o imposto certo, mas vale a pena valer o direito de pagar o imposto correto e nao a mais..

Vivian

Bem, o pessoal fala demai.A questão é saber se vale a pena,
Compro em outros sites que não reembolsam ( compras até $50 dólares)
só que o preço está bem mais baixo do que o do morangão. A questão é se promete uma coisa tem que cumprir ou não prometa, mude a política da empresa, ninguém é bobo. Agora ficar defendendo o site também não da. Tem muitos produtos em promoção em sites nacionais,é só pesquisar as vezes vale mais a pena. Sem contar que muitos produtos que compramos em promoção no morangão já vão sair de linha e então o preço bom. Produtos novos com taxa de 60% saem o mesmo preço daqui.Não são tão coitadinhos assim.... Ainda mais HONG KONG!!!!!!

Gente, fiz uma compra pelo Strawberry, no total de 125 reais (REAIS!) (=70 dólares). A receita federal daqui está cobrando uns 130 reais de imposto, baseando a conta no valor de 125 dólares! (eles nao "perceberam" que eram 125 reais e não 125 dólares! Vou entrar com o pedido de retificação...que saco. Outra coisa, comprei há mais de 1 mês no Feelunique.com, e não recebi a compra. Alguém teve experiência de ocmprar com eles?

Olha gente, de fato acredito que em pouco tempo o nosso morangão não vai mais querer vender para o Brasil. Hoje por exemplo entrei no site e vi que tem promoções que estão disponíveis para os outros países e não mais para o Brasil. Podem verificar! Mas enquanto isso, vamos comprando...

Oi, meninas!

Adorei o post! Já linkei lá no meu blog. Depois dá uma passadinha lá para conferir!

Beijos e sucesso!!!

MEU BLOG: http://www.sabrinamix.com

Meninas,

Acho que a Strawberry não está descontando os prejuízos dos reembolsos somente nos preços, mas também na qualidade dos produtos vendidos. Tenho costume de comprar cosméticos na internet e já fiz 4 compras na strawberry. Dessas 4 compras, 2 produtos me decepcionaram. A primeira delas foi um perfume, JOOP! Femme, que já estou acostumada a comprar em lojas de perfumes importados aqui na minha cidade...O perfume era com todas as letras FALSIFICADO! Vários detalhes me levaram a essa conclusão: Embalagem não era forrada por dentro como de costume, o vidro do perfume tinha detalhes grosseiros, diferentes do habitual e o cheiro, que é o principal de tudo, era grosseiro e o fixador era PÉSSIMO! Eu colocava um litro de perfume e NADA! Mandei um e-mail pra ele com as fotos do perfume que eles me venderam e o perfume que eu tinha antes para mostrar as diferenças e eles me responderam dizendo que vendem produtos 100% originais mas que iam me reembolsar. A ultima compra que fiz, o AFTER PARTY da TIGI, que é um produto que se passa no cabelo para tirar o cheiro de cigarro das festas, muito conhecido pelo seu cheiro maravilhoso, era simplesmente o extremo oposto! O cheiro era péssimo, parecia uma gordura, sei lá...é óbvio que o que tinha dentro daquele frasco não era o AFTER PARTY da TIGI, mas qualquer gororoba que não faço a menor ídeia do que é feito...mandei um e-mail relatando a minha decepção com a empresa, pedindo que eles fizessem diferente, não só me reembolsassem, mas recolhecem o produto e verificassem o que ocorreu, pois aquilo poderia queimar a imagem da empresa. Eles não aceitaram a minha solicitação e apenas me reembolsaram. Para mim, é jogar na loteria comprar na strawberry. Tem vezes que o produto é bom, tem vezes que não...As vezes a gente pode estar chando que está usando um gloss da MAC e na verdade é um gloss de outra marca mais barata e desconhecida, vai saber..A China é o POINT DA IMITAÇÃO E FALSIFICAÇÃO, quem pensar que isso não acontece está imensamente enganado...Só sei que não comrpo mais lá....as experiencias que tive não foram nada agradáveis...fica aí o alerta para vocês, que pode estar comprando produtos iguaizinhos aos originais, mas, na verdade, é falsificação...Boa sorte para vocês, meninas! Espero que não passem por isso nunca, pois é muito chato mesmo...

Não comprem nesse site, os perfumes são FALSIFICADOS... Eu e um amigo compramos nesse site no final do ano passado e os perfumes são falsificados, mandei um e-mail há dois meses atrás reclamando e até agora não obtive resposta. Deixo aki o alerta, paguem + caro mas comprem aki mesmo no Brasil um produto de qualidade.

Oii, adoro seu blog!!
Você tem o contato (e-mail) do morangão??
Tenho algumas dúvidas, e como vai ser minha primeira compra com eles, gostaria de esclarecer algumas coisas... já enviei pelo site mesmo um e-mail mas faz meses e até agora nada...
Ficaria muito grata...
franpacheco86@gmail.com

Beijos e sucesso

A loja oferece o reembolso. Esse é um dos motivos pelos quais eu compro lá. Portanto, o consumidor pedir o reembolso sobre o imposto não é nada errado. Errada é a roubalheira que corre solta nesse país. Esse monte de imposto que a gente tem que pagar pra político poder viajar e comprar todos os produtinhos cosméticos deles em Paris, sem nem precisar perguntar preço...

Acho que não deveríamos fazer um esforço para pedir pros clientes do morangão parar de pedir reembolso, deveríamos nos esforçar pra mudar esse país injusto!

COPIEI O QUE A STRA T. DISSE ACIMA...


"Se o Strawberry opta por nos reembolsar, é porque ainda assim eles têm lucros nas vendas ao Brasil, é um bom negócio pra eles. Garanto MESMO que se ele tivessem algum prejuízo nessas, correriam parar de vender aqui, como a saudosa e eterna no meu coração EDM. Chinês gosta muito de dinheiro, mais que judeu (me perdoem as chinesas, judias e chinesas judias - eu sou advogada e gosto mais de dinheiro que chinês e judeu junto).

Se eles subiram o preço pro Brasil, quem se sentiu lesada tem que reclamar PRA ELES. Não responsabilizar a coleguinha que simplesmente aceitou um benefício que foi OFERECIDO. A manga tava lá inteirinha pra todo mundo, algumas quiseram chupar, outras não... tenho culpa pelas que recusaram?"

GENTE EH ISSO AI, A CULPA DO AUMENTO DOS PREÇOS NAO EH DAS PESSOAS QUE PEDEM REEMBOLSO E SIM DA EMPRESA QUE O OFERECEU EM PRIMEIRO LUGAR.
VAO RECLAMAR COM ELES, NAO XINGUEM QUEM PEDIU REEMBOLSO.
EXEMPLO: TEM 10 BATONS SNOB NO MORANGÃO. AI VENDEU TODOS EM UM DIA E QUANDO VC FOI COMPRAR NAO TINHA MAIS. E SO VAI CHEGAR MAIS DAQUI 1 ANOS. AI QUER DIZER ENTAO Q VC VAI RECLAMAR COM AS MENINAS QUE COMPRARAM E NAO DEIXARAM 1 PRA VC??? SACA?
EH A MESMA COISA...
ESSA EH A MINHA OPINIAO E EU CONTINUO GOSTANDO E ACOMPANHANDO ESSE BLOG, NAO QUERO OFENDER OK?!
BJSSS

Que isso gente! Uma menina logo acima, "Tami", chamou de "lesada" as clientes que compram e pedem o reembolso.
Na qualidade de advogada eu te explico o que é ser lesada:

Eu e todos os brasileiros somos lesados por uma lei que nos cobra 27% de todo o nosso patrimônio anualmente.
Ser lesada é comprar porque vê uma vantagem em uma determinada loja e não exigi-la por... vergonha, vaidade.
Sinceramente? Pra mim esse tipo de comentário é do tipo "vergonha de pedir desconto em loja"

Deixei de comprar meu Fantasy da Britney Spears no FraganceX por 66 reais para comprar na Strawberry por 131 reais porque de alguma forma eu vi uma vantagem que a Strawberry oferecia e a Fragrancex não.

LOGO, eu tenho o DIREITO de cobrar por esta vantagem que me foi OFERECIDA e nunca PEDIDA.
Quando mando meu email com o tributo para a Strawberry, não estou PEDINDO nada. Não estou ROUBANDO nada da Strawberry. Apenas estou fazendo valer a promessa de venda que eles fazem.

O dia que isso deixar de ser vantajoso para a Strawberry, o advogado, gerente de marketing, o faxineiro que limpa banheiro deles vai aconselhar mudar a estratégia de venda.

Ré-looou!

Sei que a isenção de imposto de importação ocorre para valores iguais ou inferiores a 50 dólares, portanto que seja importação pelos correios e de pessoa física para pessoa física. O que chamam de GIFT. é assim que a strawberry faz já que n tem CNPJ?

Fiquei preocupada ao ler esse post, pois já fiz duas compras lá e tô esperando chegar as duas!! :O

HELP com essa info!!!

Oi Cati, eu acho que o Morangão nao marca como GIFT nao. Mesmo sendo uma compra menor do que os US$ 50, tem chance de parar na receita. bjs

Postar um comentário

2010 Trendy Twins - todos os direitos reservados Desenvolvido por Projecto Comunicação