usuários online
 
 
 
Fashion Import
 
http://trendytwins.com.br/img/imagens/tit_girls.jpg
Faça parte desse grupo

Quem Foi Comigo à SPFW  

Categoria(s)

por Vivi




Oi, amorecas!

Passando por aqui pra mostrar pra vocês, rapidinho, quem foi comigo passear, literalmente, no Parque:


Eu e Marina

Amanhã conto como foi a tarde modística, porque hoje meus pés não deixam...

Vou deixar aqui o link dos blogs bacanudos das meninas que conheci hoje, porque conhecer blogs é sempre uma delícia, ainda mais quando a gente sabe que eles são feitos com todo carinho por gente tão fofys:

Sim, Senhorita - da Camila, de BH.
Provadoras - da Patrícia Koslinski (aquela do Tamanho Único).
Sobressalto - da Flávia Motta.

A Paulinha também estava lá, mas todo mundo aqui já ama o Sweetest Person, né? E digo mais, conhecendo a Paula pessoalmente a gente tem a mais absoluta certeza de que o nome do blog dela não poderia ser outro, não mesmo!

Boa

A Joyce e a Carla também tricotaram mooooito com a gente, assim como uma equipe cheia de gente boa, da GNT, mas elas não tem blog pra deixar link...

Sobre o Post do reembolso do Morangão:

Eu acho que embutir taxa e aumentar preços não combina com "peça o reembolso". Uma coisa já cobre a outra, não é mesmo? Na verdade pagamos o suposto "prejuízo" antes que ele ocorra. Acho que a denominação reembolso não está correta, porque, na verdade, eles devolvem o dinheiro da taxa, mas nós já pagamos por ela na diferença de preço em Reais para Dólar. Quando devolvem não é favor, estão devolvendo o que já pagamos prevendo a cobrança. E como nem todo mundo é taxado, sobra um lucro aí.

Acho que tem uma certa nebulosidade na interpretação do que a escreveu. Eu entendo que quando ela falou em levar vantagem, se referia genericamente ao desejo de pagar menos lá no preço e ainda driblar a Receita (o que significa pagar menos ainda). Um desejo Universal, pagar menos. Ainda mais no nosso país, com impostos ridiculamente altos. Não entendo que ela tenha dito que quem já pediu reembolso do Morango quis tirar vantagem. Que vantagem, se todo mundo já pagou? Na minha opinião, "bobinho" é quem não é taxado e por isso, não tem direito ao tal reembolso. Pagou mais à toa.

E uma coisa também precisa ser dita, gente. Uma coisa é falar, outra é escrever. Quando a gente fala, tem toda a fonética, a postura, expressões faciais, enfim, a mensagem ganha muito mais contornos e nossa opinião é explícita. Se não fosse assim, não existiriam a Ironia, a Metáfora e todas as outras figuras de linguagem que usamos quando dizemos uma coisa pretendendo outra.

A palavra escrita traz esse risco. Na leitura, principalmente na internet, muita coisa se perde. Tudo é muito rápido, é muito estímulo, coisas piscando, a compreensão sai prejudicada, sim, e às vezes autor e leitor se desencontram por parágrafos inteiros, não só uma vírgula. E se uma vírgula pode mudar todo o sentido de uma frase, imaginem um parágrafo?

Em relação à compras, minha opinião sempre foi a mesma, desde o início do blog, podem pesquisar por aí: eu não compro fora a não ser que o preço seja muito, muito, muito melhor do que no Brasil ou o produto não esteja disponível aqui. Não tenho "nervos" para ficar esperando quietinha quando o valor já foi debitado do meu cartão e a encomenda leva 30 dias pra chegar. Não tenho, fico doida, p. da vida mesmo.

Comprar no exterior é uma coisa que não pode ser feita por impulso. Tem que fazer a conversão da moeda, somar o frete direitinho quando houver, JÁ SOMAR 60% que é o valor do imposto sobre a compra total caso você seja taxada e, aí sim, se esse valor total ainda for inferior ao cobrado no Brasil, fazer a compra. Senão não vale a pena. E treinar a meditação zen, pra esperar chegar.

12 comentários

dona viviane, E EU?

num conta minha humilde companhia? humpf.

Até tu, Brutus? LEIA O POST! Eu disse que ia contar tu-do amanhã!!!

rsrs

Bju!!

Muito bom senso ao falar da dificuldade de se expressar e ser compreendida na internet.

Quantoa comprar no Brasil de sites`gringos`sou da opiniao que depende muito de `nervos`e`contas` como vc falou.
E verdade que existem `lojas virtuais` que ja estao numa `blacklist`dos correios,mas tambem tem o esquema de dez em dez protudos de origem estrangeira serem investigados e muuuuuito provavelmente taxados.todos os pacotes passam por scanner.Mas uma `pequena confusao`que vejo sempre as pessoas taxadas comentarem,e o fato dos % serem em relacao ao valor do que se pagou,na verdade somente e assim se o produto nao for disponibilizado no Brasil, pois ai a % e sobre esse valor nacional! oO rsrs
bjs.

queria ir, mas não deu :(

Vivi, como você está linda.
Adorei essa foto.
Parabéns!

Vivi,

Vc falou tudo! Já vi tanta confusão acontecer por causa disso (intenção de escrever uma coisa e interpretarem outra)... de qualquer forma, é o risco que nós blogueiras corremos, certo?

Enfim, se todo mundo se respeita, tudo fica bem. Mas não foi o que vi nos comments daquele post, e fiquei muito chateada com isso.

Beijos

eu tb penso muito antes de comprar p fora, pq a sacks as vezes tem uns preços doidos, mais tem coisas que compensa... pelo fato de dividir e tb pela entrega rápida!!! adoro a época cosmeticos, tb.... e ainda tem blogs, com as meninas que vendem né.. o barato sai caro!!!
bjusss
te adoro andressa!

Oi meninas,

Primeiramente gostaria de dizer que assino o feed do blog e sempre leio o que vcs escrevem ja ha algum tempo, mas nunca tive a oportunidade de deixar um comentario.

Com relacao ao Morangao, olha so o que aconteceu aqui na Dinamarca. Pra voces entenderem melhor o drama, eh preciso saber que tudo aqui eh taxado e que o pais possui uma selva enorme cheia de leoes famintos. Sendo mais detalhada ainda a ponto de deixar voces como peninha da gente ,-), saibam que cada cidadao tem no minimo 38% do salario mensalmente abocanhado pelo Leao. Por essa ja da pra deduzir que nenhum pacotinho se salva das garras da leaozada. Por essas e outras, como o Estado ja come dinheiro demais da gente e o Morangao diz que cobre todas as taxas, todo mundo que conheco sempre pedia o ressarcimento das benditas e a loja, como nao eh bobo nem nada, arranjou logo uma forma de mandar os pacotinhos pra ca sem que fosse cobrado nenhum centavo de imposto. Eles comecaram a mandar os pacotes por outros paises da UE, nao sei se abriram postos de distribuicao nesses paises ou descobriram os que nao taxam. Sei que o ultimo que recebi veio da/pela Suecia que, por tambem ser membro da UE, fica isento de taxacao.

Quanto aos lucros da empresa, eles devem ser provavelmente enormes, porque ela compra produto em quantidade suficiente para para vender para mais de 32 paises. Outro fato eh que, apesar do Morangao apresentar precos bem competitivos em termos de Brasil, em relacao aos daqui de fora eles nao chegam a ser taaao atrativos. Na realidade compro quase tudo bemm mais barato nas lojas dinamarquesas. So compro nele quando preciso de algo que nao acho por aqui. E olhe que a Dk nao chega a ser o paraiso das pechinchas como os EUA e que, comparado ao tamanho de outros paises, parece mais uma cidadezinha do interior. Pra se ter uma ideia a populacao de Recife e Salvador juntas quase ultrapassa a daqui hehe.
Resumindo meninas, pedir ressarcimento do imposto nao vai levar o Morango a falencia! E outra, se eles arranjaram essa solucao pra ca que eh tao pequeno, imagina se eles vao querer perder os clientes brasileiros!? Sugiro um manifesto para que a loja tome outras providencias, que nao seja o acrescimo dos valores para o Brasil.


Beijos para todas,

ah que faltou eu aí com essa tchurma!
ai meu sais, quero RIO!!!

bjo, bjo

Oi, Vivi. Tudo bom?

Leio sempre o Trendy Twins e é um dos meus preferidos, inclusive.

Não nos conhecemos ontem, mas deixo aqui o convite para vocês e todos que se interessem conhecerem o meu blog. Ele é novíssimo e completa dez dias hoje. Yay! E é super o meu filhote agora. O endereço é www.fernandaconvida.blogspot.com e estão todos convidadíssimos! rss

Beijo

Meninas, acho que devemos dividir o assunto Morangão em ANTES e DEPOIS do aumento dos preços.

O que eu entendi do que a Má escreveu e assinei embaixo com meu sangue, foi que ANTES era sacanagem do comprador pedir reembolso. Mas agora na minha opinião não é mais, pois se o imposto está embutido no preço, todo mundo deve mesmo é pedir caso seja taxado. Eu nunca comprei, mas se fosse comigo, AGORA, eu pediria.
Bjs, Flavia

Oi, Vivi, estou escrevendo só para agradecer por você ter aprovado a minha mensagem! Valeu, mesmo, viu?
É por isso que vcs são tão queridas, inclusive já tenho vocês há algum tempo naquela coluninha de lista de blogs!
beijo

Postar um comentário

2010 Trendy Twins - todos os direitos reservados Desenvolvido por Projecto Comunicação